*
 

O corpo do operário Raimundo Nonato dos Santos, 55 anos, foi resgatado à 1h40 deste sábado (19/8). Por volta das 3h30, peritos fizeram o reconhecimento da vítima na sede do Instituto Médico Legal (IML). O homem trabalhava colocando manilhas em uma cisterna quando caiu de uma altura de 20 metros. O acidente ocorreu no sábado (12) e, desde então, havia sido montada uma força-tarefa para retirar o corpo.

Segundo o Corpo de Bombeiros, o buraco escavado na operação será fechado ainda no período da manhã. A vítima foi soterrada por mais de dois metros de terra. Para fazer o resgate, os bombeiros tiveram que cavar um buraco ao lado do local onde foi registrada a queda, uma vez que a cisterna tinha muita água e havia risco de desabamento.

“Estamos realizando um levantamento de todos os custos dessa operação, que já levou muitas horas de trabalho da equipe, e vamos enviar à Procuradoria-Geral do Distrito Federal. Queremos que essa conta seja cobrada da empresa que cavou o buraco e dos proprietários do imóvel”, afirmou o subsecretário da Defesa Civil, Sérgio Bezerra.

Veja o trabalho dos bombeiros:

 

 

COMENTE

São Sebastiãocisternacorpo de bobmeiros
comunicar erro à redação

Leia mais: Distrito