Bombeiros encontram corpo de homem que pulou da Ponte Costa e Silva

Vítima estava submersa próximo à Prainha, perto da margem do Lago Paranoá. Caso ocorreu nesta quinta-feira (19/09/2019)

Igo Estrela/MetrópolesIgo Estrela/Metrópoles

atualizado 19/09/2019 23:08

Os bombeiros encontraram, por volta das 22h30 desta quinta-feira (19/09/2019), no Lago Paranoá, o corpo do homem que se jogou da Ponte Costa e Silva no fim da tarde. A vítima, que tinha cerca de 40 anos, não teve o nome divulgado, mas trata-se de um morador do Guará 2.

O corpo estava submerso próximo à Prainha, às margens do espelho d’água. O caso é tratado como tentativa de suicídio. Segundo informações da Polícia Militar (PMDF), o homem teria recusado a ajuda dos militares momentos antes de se jogar da estrutura – ele estava no parapeito e testemunhas acionaram a PM e o Corpo de Bombeiros (CBMDF).

Mergulhadores dos bombeiros que estavam de prontidão iniciaram as buscas pela vítima assim que ela pul0u. Durante a movimentação, uma das faixas da ponte chegou a ser interditada e um grande congestionamento se formou no elevado de acesso ao Lago Sul ao longo do início da noite.

 

Busque ajuda

Metrópoles tem a política de publicar informações sobre casos ou tentativas de suicídio que ocorrem em locais públicos ou causam mobilização social, porque esse é um tema debatido com muito cuidado pelas pessoas em geral.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que o assunto não venha a público com frequência, para que o ato não seja estimulado. O silêncio, porém, camufla outro problema: a falta de conhecimento sobre o que, de fato, leva essas pessoas a se matarem.

Depressão, esquizofrenia e uso de drogas ilícitas são os principais males identificados pelos médicos em um potencial suicida – problemas que poderiam ser tratados e evitados em 90% dos casos, segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria.

Está passando por um período difícil? O Centro de Valorização da Vida (CVV) pode ajudar você. A organização atua no apoio emocional e na prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, e-mail, chat e Skype, 24 horas, todos os dias.

Últimas notícias