Bandidos roubam carro e sequestram pai e filha de 2 anos no DF

Durante a fuga, os criminosos se envolveram em um acidente e conseguiram escapar do cerco da PMDF ao entrar em mata de uma chácara

atualizado 16/11/2018 11:41

PMDF/DIVULGAÇÃO

Um pai viveu momentos de terror em Samambaia na noite dessa quarta-feira (14/11). Ele foi rendido por criminosos armados que, durante a fuga, o levaram junto com a filha, de apenas 2 anos. A criança estava na cadeirinha do banco de trás.

A Polícia Militar recebeu informações sobre o roubo e localizou o veículo na altura da QR 621. Os policiais deram ordem de parada por meio dos sinais luminosos e sonoros. Nesse momento, os bandidos saíram em disparada e se envolveram em um acidente. Mesmo assim, só pararam em uma chácara, após bater em uma casa. Uma viatura chegou a capotar durante a perseguição.

Os acusados fugiram pela mata e, apesar de a PM ter utilizado cães farejadores e um helicóptero, não foram localizados. Os policiais encaminharam pai e filha ao Hospital Santa Marta, em Taguatinga. A menina estava muito assustada.

Segundo vídeos divulgados pela corporação, o pai, que seria um militar do Corpo de Bombeiros, disse ter sido rendido por um homem e, depois, entraram mais três na caminhonete. A 26ª DP (Samambaia) investiga o caso.

Na manhã desta quinta (15), policiais da Rotam receberam informação que um veículo que estava dando cobertura no roubo da caminhonete rodava nas ruas do Recanto das Emas. Os militares foram para cidade e, após patrulhamento, encontraram o carro.

Com a aproximação da viatura, os ocupantes do veículo atiraram contra os policiais e fugiram em alta velocidade. Houve troca de tiros e o carro foi abordado. Um dos homens acabou alvejado e socorrido ao Hospital Regional de Taguatinga (HRT). Outros dois homens foram presos, encaminhados à delegacia e reconhecidos pela vítima.

Também em Samambaia, um homem que tentava raptar uma aluna de 13 anos do Centro de Ensino Fundamental 427, em Samambaia, foi preso nessa quarta (14) após capotar o carro roubado durante uma perseguição policial na DF-180. O agressor e a menina frequentavam a mesma igreja e ele chegou a escrever um bilhete pedindo-a em casamento. A vítima conseguiu se desvencilhar do homem e correu de volta para a escola.

De acordo com o sargento Heitor Theodoro, um dos responsáveis pela prisão, uma viatura que passava pelo local viu o homem deixando o colégio em atitude suspeita e iniciou o acompanhamento. O agressor desobedeceu todas as ordens e só parou ao bater em outro veículo e capotar.

PMDF/Reprodução

“Ele dirigia de forma muito perigosa: quase atropelou pedestres, passou raspando em motociclistas e, por várias vezes, por pouco não atingiu outros carros”, disse o sargento.

A perseguição que começou em Samambaia só terminou no Gama. Ao ser preso, o homem negou a prática de qualquer crime. Entretanto, com ele, a PM encontrou uma tesoura, utilizada para ameaçar a menina.

Após ser preso, ele foi encaminhado para a 26ª DP. Os policiais também buscaram a menina que seria o alvo do criminoso e a encaminhou para a delegacia para ser ouvida.

Mais lidas
Últimas notícias