Associação de pais condena câmera em banheiro de escola: “Intolerável”

Segundo a direção da escola, os equipamentos têm o intuito de inibir casos de tráfico de drogas, porte de armas, alunos fumando no banheiro

atualizado 04/05/2022 17:29

Câmera de segurança branca em ferro azulVinícius Schmidt/Metrópoles

O presidente da Associação de Pais e Alunos das Instituições de Ensino do DF (Aspa-DF), Alexandre Veloso, se pronunciou após pais denunciarem a instalação de câmeras de segurança nos banheiros no Centro de Ensino Fundamental 4 de Planaltina.

“Ainda que a intenção tenha sido das melhores por parte da direção, eles têm que buscar outros caminhos para que possa coibir eventuais tráficos ou condutas inadequadas dentro do banheiro”, defende Alexandre.

Segundo a direção da escola, os equipamentos têm o intuito de inibir casos de tráfico de drogas, porte de armas, alunos fumando no banheiro e brigas. Além de estarem nos banheiros, há câmeras em todas as áreas comuns da instituição de ensino.

Confira a manifestação da associação:

“Essa conduta não pode ser tolerada, a escola errou em colocar uma câmera para filmar dentro do banheiro”, complementa o presidente.

Os equipamentos foram instalados antes de 2017, no entanto, familiares alegam que tomaram conhecimento da situação apenas recentemente, o que gerou descontentamento.

A Secretaria de Educação determinou, nesta quarta-feira (4/5), a retirada dos equipamentos. “A Educação tomou conhecimento do caso por meio de denúncia nesta quarta-feira (4/5) e imediatamente determinou a readequação da escola às diretrizes da rede pública de ensino do DF”, informou a pasta, em nota.

Após ser notificado pela pasta, o diretor afirmou que os equipamentos serão retirados ainda nesta semana.

Quer ficar ligado em tudo o que rola no quadradinho? Siga o perfil do Metrópoles DF no Instagram.

Quer receber notícias do DF direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesdf.

Mais lidas
Últimas notícias