metropoles.com

Aparelhinho, Baratona e mais: veja os blocos da 2ª de Carnaval no DF

Folião brasiliense tem várias opções de festas e blocos tradicionais para curtir nesta segunda-feira de Carnaval

atualizado

Compartilhar notícia

IGO ESTRELA/Metropoles
carnaval-galinho3-compressed
1 de 1 carnaval-galinho3-compressed - Foto: IGO ESTRELA/Metropoles

Nesta segunda-feira (12/2) de Carnaval, os brasilienses terão diversas opções de blocos de rua para curtir o feriado. A programação começa pela manhã e vai até 22h.

A Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa (Secec) divulgou o calendário completo dos blocos de rua do Carnaval no DF, com datas e locais disponíveis.

A lista foi dividida de acordo com o tamanho e a quantidade de pessoas que costumam frequentar os blocos.

Confira aqui a programação completa do Carnaval 2024 em Brasília

Confira os blocos programados para esta 2ª:

Vai com as Profanas
10h às 16h — Circuito do Setor Carnavalesco
Bloco. Livre para todos os públicos

Aparelhinho
11h às 19h — Estacionamento do SBN e da Galeria dos Estados
Bloco. Livre para todos os públicos

Divinas Tetas
11h às 18h — Esplanada (no gramado entre o Sesi Lab e a Biblioteca Nacional)
Bloco. Livre para todos os públicos

Bloco do Saruê Perfumado
13h às 19h — Avenida W3 Sul – Entre 506 sul (Praça das Avós / Infinu) e 508 sul (Renato Russo)
Encontro de Fanfarras e Grupos de Percussão. Livre para todos os públicos

Baratona
13h30 às 20h30 — Parque da Cidade, estacionamento 12
Bloco. Livre para todos os públicos

Bloco do Amor
14h às 21h — Via de serviço S2
Bloco. Livre para todos os públicos

Concentra, mas não sai
15h às 22h — Entrequadras 404 e 405 Norte
Bloco. Livre para todos os públicos

Filhos de Gueta
15h às 19h — Eixo Monumental
Bloco. Livre para todos os públicos

Domingo de folia

O domingo (11/2) de Carnaval não deixou a desejar no quesito alegria. Mesmo sob chuva e frio, os blocos de rua da cidade ficaram lotados de foliões.

O tradicional Raparigueiros, que sempre desfilou no Eixão, este ano saiu no Setor Bancário Norte (SBN), com reforço no policiamento. O bloco começou cedo, por volta das 14h; o público chegou ao longo da tarde, e o ápice da festa aconteceu à noite. Uma linha da Polícia Militar fez a revista, no início do SBN, e impediu a entrada de materiais cortantes e outros itens proibidos.

Dois trios elétricos com muito axé, frevo, sertanejo e até funk embalaram os brasilienses neste terceiro dia de Carnaval. O público, maior parte de adolescentes e jovens, caprichou em cores e fantasias.

Jean Costa, diretor e um dos fundadores do bloco, quer que o ano de 2024 seja uma das melhores festas do Raparigueiros. “Melhor expectativa possível. Temos um percurso pronto para fazer um ótimo Carnaval, com muita paz e tranquilidade. Reforçamos a segurança para isso.”

Veja imagens da segurança no evento:

0

Planejamento

O secretário de Cultura, Cláudio Abrantes, esteve no bloco para ver de perto um dos maiores eventos da pasta no ano. Ele exaltou o planejamento entre a pasta e a Secretaria de Segurança Pública para garantir a saída do bloco.

“O Raparigueiros celebra alegria, festa e reverência do Carnaval, e a gente sempre defendeu a questão dessa tradição. Vários atores sentaram à mesa e a gente achou um ponto de consenso para manter a tradição, a força do Raparigueiros, respeitando também a segurança pública. Não era justo que o bloco ficasse com a imagem de ser violento.”

Blocos infantis

Mais cedo, quem comandou a festa foi a criançada. Apesar da chuva e do tempo fechado, famílias de foliões conseguiram levar meninos e meninas para curtir o Carnaval. Blocos infantis, como o tradicional Baratinha, tiveram grande adesão do público, mesmo com o tempo frio.

Vitória Fernandes, 27 anos, levou a filha, Anna Clara Fernandes, 7, para a festa. “Esta foi a primeira vez que consegui trazê-la. Nós gostamos muito de bloquinhos, mas nunca tinha vindo com ela neste”, contou a mãe.

Confira a programação de blocos e festas do Carnaval 2024 em Brasília

Veja imagens:

0

Neste ano, o Baratinha saiu no Estacionamento 12 do Parque da Cidade, mas a programação para a família não se resumiu a esse espaço. Na Vila Planalto, por exemplo, o Bloco da Vila também empolgou o público.

Oona Rodrigues, 39, contou que conheceu o bloco neste domingo (11/2) e, apesar de não gostar de aglomerações, foi convencida por um grupo de amigas a ir à festa. O evento agradou: “Estou adorando. Fiquei cinco anos no Rio de Janeiro e fugia de bloquinho, mas, deste aqui, eu gostei”.

Amiga de Oona, Ligia Miranda, 40, disse ter passado pelo Bloco da Vila em 2023; ela gostou da folia e resolveu chamar os amigos de novo para a acompanharem em 2024. “Esta foi melhor do ano passado; então, decidimos voltar”, contou.

0

Festa na Esplanada

Com muita empolgação, o público caprichou nas fantasias e na animação para curtir o Bloco das Montadas, uma das principais atrações do segundo dia da Folia de Momo. A festa ocorreu na Esplanada dos Ministérios, perto da Biblioteca Nacional de Brasília (BNB).

Em 2023, o Bloco das Montadas mostrou o potencial do Carnaval de rua de Brasília e recebeu 16 mil pessoas, o que consolidou o grupo como um dos mais importantes da folia na capital do país.

Confira fotos:

0

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comDistrito Federal

Você quer ficar por dentro das notícias do Distrito Federal e receber notificações em tempo real?

Notificações