Almoço em restaurantes comunitários do DF volta a custar R$ 1

Valor cobrado nos 14 estabelecimentos antes estava a R$ 2, mas foi reduzido pelo Governo do Distrito Federal

atualizado 30/09/2019 7:29

Gabriel Jabur/Agência Brasília

Quem for almoçar em um dos 14 restaurantes comunitários do Distrito Federal nesta segunda-feira (30/09/2019) pagará apenas R$ 1 pela refeição. O governador Ibaneis Rocha (MDB) anunciou que o valor foi reduzido, em visita à unidade de Samambaia na última sexta-feira (27/09/2019).

As unidades são de responsabilidade da Subsecretaria de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes). Juntos, chegam a servir quase 20 mil refeições em dias de maior fluxo, funcionando de segunda a sábado. No cardápio, há sempre um prato principal, uma bebida e uma sobremesa, que antes custavam R$ 2 para o público em geral. A partir desta segunda, volta a ser de R$ 1.

“Também já determinei ao secretário [de Desenvolvimento Social, Ricardo Guterres] que retorne com o programa de Pão e Leite, a começar pelos restaurantes comunitários”, pontuou o chefe do Executivo local.

Também na sexta, o restaurante de Samambaia passou a se chamar oficialmente Rorizão. A mudança é uma homenagem ao ex-governador do DF Joaquim Domingos Roriz, que morreu há um ano.

Os restaurantes de Brazlândia e do Paranoá servem também café da manhã, a R$ 0,50 por pessoa. As opções para esse horário são café, leite ou pingado, pão com manteiga, bolo, achocolatado e uma fruta da época.

Últimas notícias