Aeroporto de Brasília: 1º semestre teve fluxo de 3,9 mi de passageiros

O número é 0,1% maior do que 2020 e 51% menor que em 2019, quando a pandemia não existia. A 2ª onda da Covid estabilizou o acesso

atualizado 21/07/2021 17:48

Aeroporto de BrasíliaAeroporto de Brasília/Divulgação

O Aeroporto de Brasília fechou os seis primeiros meses de 2021 com uma movimentação de passageiros de 3.965.201 de passageiros e 41.922 mil pousos e decolagens. Devido à segunda onda da Covid-19 e as medidas de afastamento para prevenir o contágio da população, o crescimento registrado no período foi de apenas 0,1% maior do que em 2020. No entanto, há expectativa de aumento no fluxo com a ampliação da vacinação contra a doença.

Quando comparado com o 1º semestre de 2019, de acordo com informações da Inframerica, a queda da movimentação causada pela pandemia foi de 51%. Diferentemente de 2020, quando os meses de janeiro, fevereiro e ainda boa parte de março não sofriam com a pandemia e registravam uma boa movimentação, em 2021 os três meses iniciais do ano já tiveram as consequências da pandemia.

Além disso, apenas dois dos 10 voos internacionais operados direto de Brasília retomaram às rotas. A TAP e a Copa Airlines estão operando para Lisboa e Cidade do Panamá, respectivamente.

“As opções comerciais ofertadas aos passageiros aos poucos vêm também se recuperando. Depois de um período com baixa movimentação de passageiros por causa da pandemia, suspensão nas operações dos estabelecimentos comerciais e até o encerramento de algumas atividades, diversas novidades gastronômicas desembarcaram no Aeroporto de Brasília no semestre e há novas opções desembarcando ainda este ano”, informou a Inframerica.

Lojas

Ao todo, são 27 estabelecimentos comerciais inéditos no aeroporto e 38 novas operações. Entre as novidades estão marcas locais como o Dog da Igrejinha e Pizzaria Dom Bosco e marcas conhecidas internacionalmente como Starbucks e KFC.

A Inframerica, concessionária do Aeroporto de Brasília, afirmou que continua investindo e trazendo novas oportunidades de negócios para a região. O Terminal brasiliense segue sendo o 2º mais movimentado do país e, apesar da crise, vem crescendo e atraindo novas opções para os passageiros.

Vacinação

Mais de 5 mil trabalhadores do terminal brasiliense estão imunizados contra o coronavírus. Nos últimos dois meses, maio e junho, houve aumento na circulação de passageiros. Atualmente, o Aeroporto de Brasília está operando voos para 38 cidades brasileiras e se mantém como um importante centro de conexão de voos no país.

Últimas notícias