Adolescente diz que matou vítima no DF porque não gostava dela

Jovem de 17 anos é apontado como autor dos disparos que vitimou Andrey de Lima, 23 anos. O crime aconteceu em outubro deste ano

atualizado 19/11/2019 21:27

AlgemasDaniel Ferreira/Metrópoles

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) apreendeu um adolescente de 17 anos suspeito de matar, em 14 de outubro, um homem a tiros, em frente a uma casa no conjunto 11 da quadra 19, em Sobradinho. A vítima, Andrey de Lima, 23 anos, chegou a ser socorrida e encaminhada ao hospital, mas não resistiu.

De acordo com as investigações conduzidas pela 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2), o suspeito integra uma gangue da região e tem diversas passagens por roubo a estabelecimentos comerciais e a pedestres. “Ele também é investigado por cometer outro homicídio”, disse o delegado responsável pelo caso, Laércio Carvalho.

À polícia, o adolescente confessou o crime. “Disse ter matado porque não gostava dele e que Andrey pertencia a uma gangue rival. No entanto, as investigações não indicaram qualquer participação da vítima no mundo do crime”, afirmou Laércio.

Como se trata de um menor de idade, o trabalho da 35ª DP contou com a colaboração da Delegacia da Criança e do Adolescente. Além de Andrey, outro homem foi vítima de homicídio em outubro, em Sobradinho. Ambos os suspeitos são adolescentes apontados como membros de gangues da região. Eles foram apreendidos.

Últimas notícias