Um grave acidente entre um ônibus e um caminhão na BR-060, rodovia que liga Brasília a Goiânia (GO),  na madrugada desta quarta-feira (4/5), deixou 21 feridos. Destes, seis em estado mais grave, segundo informações do Corpo de Bombeiros.

O coletivo pertence à empresa Rápido Marajó e bateu na traseira de um caminhão, placas KBF 0328-GO, que vinha de Tocantins para Formosa (GO). Estava carregado de ração. Os Bombeiros informaram que o condutor do veículo, identificado como Camilo Alves Pereira, foi levado, em estado grave, pela equipe da empresa administradora da via (Triunfo), ao Hospital Municipal de Anápolis.

O ônibus, placas FBF 8108-GO, saiu de São Luís, no Maranhão, com destino a Brasília, por volta das 17h de terça-feira (2/5). Era conduzido por Cleubert de Souza Brito, 45 anos, que ficou preso às ferragens. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e transportado de helicóptero da corporação ao Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF) com grave ferimento na mão direita, fratura no fêmur, consciente e instável.

O motorista Onorfino Ferreira, 46, revezava a direção com Cleubert desde a capital maranhense, mas, no momento do acidente, estava dormindo em um dos bancos da frente do coletivo. Ele disse que se assustou com o impacto da batida. Pela gravidade dos ferimentos, os Bombeiros suspeitam que o condutor do ônibus possa ter de amputar a mão direita.

O acidente ocorreu no Km 3 da rodovia, perto de Engenho das Lages, em um trecho conhecido como Sete Curvas. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). A corporação pediu apoio dos bombeiros, que mobilizou até um helicóptero. A pista foi interditada às 4h10 e uma das duas faixas foi liberada duas horas depois. Com o impacto da batida, o caminhão tombou com a carga na rodovia.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) também esteve no local e informou que 10 pessoas foram encaminhadas aos hospitais regionais do Gama, Santa Maria, Samambaia e de Base.