Xand Avião: “A música sempre se renova. Com o forró, não é diferente”

O cantor se prepara para nova turnê e comenta a faixa em parceria com Wesley Safadão

atualizado 26/05/2018 12:58

Divulgação/ Diego Moreira

Em clima de Copa, os cantores Xand Avião e Wesley Safadão fizeram uma parceria e convocam os brasileiros a escutarem a nova música, Eu e a Torcida do Brasil, lançada nessa sexta-feira (25/5).

No clipe, os gigantes do forró cantam de forma descontraída, comendo pipoca e curtindo uma cerveja. A letra apresenta o romance de três casais. Confira:

As gravações foram dirigidas por Rodrigo Van der Put, publicitário reconhecido pelo documentário Quem Você Quer Ser Nessa História?,  e as cenas foram gravadas em Fortaleza e no Rio de Janeiro, no mês passado.

Metrópoles conversou com o forrozeiro Xand para saber mais sobre a nova música e os projetos futuros:

Como surgiu essa parceria com Safadão para o clipe Eu e a Torcida do Brasil?
Essa é a segunda música que gravamos juntos. A primeira foi em 2014, quando o Safadão me chamou para participar de Vou Pagar Para Ver. Ficamos de repetir a parceria e surgiu a oportunidade de gravarmos Eu e a Torcida do Brasil. Fiquei muito feliz de nos encontrarmos musicalmente outra vez.

A música foi inspirada na Copa do Mundo?
É uma música romântica, inspirada em histórias de amor que a gente vê por aí. O clipe mostra casais em diferentes situações. Tem uns elementos de futebol, mas não é para a Copa.

O que você acha dessa nova geração do forró? Essa pegada mais moderna saindo da linha mais antiga?
A música está sempre se renovando e, com o forró, não é diferente. Precisávamos dessa modernização. Senti a necessidade de trazer para as minhas letras temas como amor, balada, curtição. Acho que isso aproxima muito o público mais jovem.

Como anda sua carreira solo?
Não é bem uma carreira solo. Somos uma banda, mas agora estou no comando dela. Estou curtindo esta fase.

Por que você escolheu gravar o DVD do Aviões Experience aqui em Brasília no ano passado?
Nós sempre gravamos nossos DVDs no Nordeste, mas queríamos uma coisa diferente, inusitada, e achamos que a capital do Brasil era o lugar ideal. O resultado ficou incrível! Foram três dias de festa.

Tem alguma sintonia especial com a cidade?
Brasília sempre nos recebeu com muito carinho e festa. O público tem um astral incrível, uma energia fora do comum.

Sobre a música brasileira em geral, o que acha de tantos ritmos e artistas novos? Acha que essa diversidade é bacana?
Com certeza! A música brasileira já é muito diversificada, é parte da nossa cultura. Eu acho incrível! E quanto mais ritmos novos forem surgindo, melhor. É sempre boa essa renovação no cenário musical.

Últimas notícias