Conteúdo especial

Quando é necessário tirar o peso dos olhos? Especialista explica a blefaroplastia

A técnica, que rejuvenesce o olhar, diminui a aparência cansada e entristecida, além de dar um up na autoestima

atualizado 29/09/2021 18:17

A saúde e a estética dos olhos andam em conjunto. Além de melhorar a aparência, a blefaroplastia, técnica para retirar excessos de pele, músculo e bolsas de gordura da região ocular, também tem benefícios funcionais. Segundo a Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica Estética (ISAPS), em 2020 houve alta de 50% da procura por este procedimento em relação a 2019. Os dados ainda mostram que os jovens foram os que mais recorreram ao procedimento, buscando saúde e bem-estar.

Fernanda Fayad – Médica Oftalmologista

A Dra. Fernanda Fayad, médica oftalmologista e especialista em oculoplástica do CBV – Hospital de Olhos, explica que a cirurgia pode ser realizada tanto nas pálpebras superiores, quanto nas inferiores. “Hoje, com a evolução da técnica também são feitos procedimentos que fortalecem músculos e ligamentos e remodelam estruturas através de suturas especiais. Esse procedimento é chamado blefaroplastias estruturada”, ressalta Fayad. 

Segundo a oftalmologista, o objetivo do procedimento é dar ao paciente um resultado bonito, natural e com preservação das funções palpebrais. “Na cirurgia de blefaroplastia é respeitada a individualidade do olhar de cada paciente”, afirma Fayad. 

Além da estética, a médica ressalta os benefícios do procedimento para a autoestima e saúde mental. “Uma pessoa feliz e satisfeita com a aparência consegue se relacionar, se socializar melhor. Os olhos comandam a nossa essência expressiva. Através de um olhar é possível inferir um estado, uma emoção ou um pensamento. Ou seja, o olhar nunca esteve tanto em evidência como agora. O uso de máscaras realça o que é belo, mas também o que nos incomoda. Independentemente de gênero, etnia ou idade, a blefaroplastia pode ser realizada, desde que seja feita uma avaliação criteriosa pelo especialista e a cirurgia indicada”, explica a especialista do CBV.

A cirurgia 

A blefaroplastia é um procedimento cirúrgico que dura em torno de uma hora. É realizada com anestesia local e sedação e tem objetivo de diminuir a aparência cansada e entristecida. A recuperação é de acordo com o organismo de cada paciente, mas geralmente é rápida, no máximo 15 dias para voltar à rotina. Além disso, é indolor e a cicatriz é discreta, tornando-se quase imperceptível.

A técnica também pode vir associada à cantopexia. “Ela é realizada para otimizar o resultado da cirurgia palpebral, faz parte da blefaroplastia estruturada e consiste na fixação ou reposicionamento do tendão cantal das pálpebras inferiores proporcionando uma estabilização e elevação do canto lateral deixando o “olhar amendoado”, esclarece a Dra. Fernanda Fayad, chefe do setor de plástica ocular, do CBV – Hospital de Olhos

Sem cortes 

Atualmente, a plástica ocular conta com tecnologias de rejuvenescimento sem corte. O procedimento é feito com a técnica de rádio frequência fracionada com multiagulhas. Ela pode ser realizada em consultório com anestesia tópica local. E o resultado é também o rejuvenescimento das pálpebras, tratando a flacidez da região dos olhos.