Conteúdo especial

Qual a melhor cadeira para home office? Dicas para não errar na compra

Apoio de braço, regulagem de altura e apoio para a lombar são recursos indispensáveis para melhorar a ergonomia do usuário

atualizado 03/03/2021 12:01

A necessidade de isolamento social, como consequência do agravamento da pandemia de Covid-19, pegou todo mundo de surpresa. Sem opção, de um dia para o outro, muitos profissionais e empresas tiveram de mudar o formato de trabalho e migrar para o modelo home office. No início, acreditando que seria apenas por poucas semanas, procuramos nos adaptar da melhor maneira possível à nova realidade que nos foi imposta.

Muitos transformaram a mesa de jantar em estação de trabalho e, consequentemente, a cadeira da sala virou o local para passar longas horas resolvendo questões referentes ao serviço. Daí em diante, sabemos bem como foi, com uma série de dificuldades e superações que entraram para a nossa rotina. Um ano depois, continuamos nos adaptando – e, pelo visto, ainda teremos alguns meses pela frente para lidar com esse cenário.

Até então, entre vantagens e desvantagens, estamos mais íntimos do trabalho em casa. Inclusive, para muitos, esse formato se revelou uma prática viável. Porém, a modalidade oferece riscos à saúde das pessoas em razão do uso de móveis residenciais por longos períodos, já que esses acessórios não foram projetados, necessariamente, para esse fim.

Cadeiras inapropriadas estão no topo da lista dos riscos ergonômicos mais comuns na rotina do trabalho, seja no escritório ou em casa. Porém, as chances de você utilizar uma cadeira inadequada aumentam exponencialmente quando se trata de home office.

Cadeira home office

Passar horas sentado não é a opção mais saudável para o corpo. Cadeiras adequadas são importantes não só para o seu conforto mas para a sua saúde. Quando essa peça de mobiliário é inapropriada e sem regulagens, você pode ter problemas na coluna, no pescoço, nos ombros, braços. Tão importante quanto o colchão da cama, a cadeira usada para trabalhar deve ser ergonômica, ajustável a cada biotipo.

Mas como saber escolher uma cadeira adequada para você? Entre diversos modelos e preços, o usuário facilmente se perde, e mesmo pagando um valor alto, pode comprar um produto que não lhe atenda corretamente.

A convite do Metrópoles, gravei um vídeo rápido com dicas práticas e definitivas para você acertar na aquisição da sua próxima cadeira de trabalho. Também vejo muitos usuários que, mesmo escolhendo uma boa peça, não sabem ajustar as regulagens ao seu biotipo e usam o equipamento de forma errada, sofrendo com os mesmos problemas encontrados numa cadeira inapropriada. Por isso, também incluí na gravação dicas de como ajustar corretamente a cadeira para o seu corpo.

Bom trabalho!!

SKBorges Arquitetura Corporativa

Sérgio Borges é arquiteto e urbanista formado pela UnB. Especialista em projetos para ambientes de trabalho pela Gepr. ArbeitsplatzExperte da Mensch&Büro Akademie, estudioso da neuroarquitetura e de suas aplicações, lighting designer e pós-graduado em projeto de arquitetura assistido por computador.
Site: www.skborges.com.br
E-mail: [email protected]
Instagram: @skborges_arq
Escritórios: Brasília (61 3253-7673 e 99801-3490), Goiânia (62 3995-4621) e São Paulo (11 2539-9040)