Conteúdo especial

Formação de gestores do futuro: a capacitação no Metaverso é agora

Iesb está com inscrições abertas para a primeira pós-graduação do Brasil 100% dentro na plataforma

atualizado 03/10/2022 18:21

O Metaverso está mais próximo do que você imagina. Para ter uma ideia, até 2026, de acordo com a Gartner Group, mais de 25% da população mundial estará nessa plataforma, que servirá para a criação de aplicativos e ferramentas de interação social em uma nova fase da web. Até 2030, segundo dados da Metaverse and Money, esse mercado movimentará mundialmente US$ 13 trilhões de dólares.  

Mas o que é o Metaverso e por que agora é a melhor hora de prestarmos atenção a esse mundo digital? Eles são plataformas virtuais que replicam o mundo real. Falo ‘são’ porque não existe apenas um Metaverso e sim vários. Precisamos prestar atenção agora, pois é inevitável, em muito pouco tempo, esses Metaversos substituírem diversas atividades que fazemos no nosso dia a dia pela internet”, explica o professor Marcel Cohn, coordenador do curso de pós-graduação em Metaverso do Centro Universitário Iesb, primeira instituição de ensino do Brasil a oferecer cursos de pós-graduação 100% dentro da plataforma.

Entre os impactos, o professor explica que já existem estudos que demonstram que os Metaversos substituirão nossas redes sociais. “Em breve, a forma mais efetiva de conhecer pessoas, conversar com elas, saber notícias e novidades será dentro dessas plataformas”, complementa Marcel.

Transformação também nas profissões. O professor reforça que todas as áreas que desejam ter uma presença on-line já estão sendo impactadas por essas plataformas. Segundo pesquisa da auditoria KPMG, 92% dos entrevistados afirmam que o Metaverso aumenta as oportunidades de aprendizado em treinamentos profissionais, escola e ensino superior. Além disso, 86% relatam que essas plataformas oferecem novas oportunidades de empreendedorismo, incluindo marketing e vendas. “Os estudantes de advocacia, por exemplo, podem simular audiências com situações reais dentro do Metaverso, preparando-se melhor para a vida real quando essas situações venham a acontecer. Os médicos também poderão, dentro do Metaverso e por meio da tecnologia de realidade aumentada, compartilhar diagnósticos e trabalharem juntos para curar doenças que hoje ainda são desconhecidas”, aponta.

Formação de gestores do futuro: a capacitação no Metaverso é agora

Oportunidade de capacitação

De acordo com o professor Marcel, a melhor forma de se preparar para os Metaversos é entrando neles. “Muitos acreditam que somente pode fazer parte desse cenário quem possui óculos de realidade virtual, mas isso não é verdade. Hoje em dia, para fazer parte desse universo precisamos apenas de um tablet, computador ou celular e uma conexão de internet”, orienta Marcel ao reforçar a importância da capacitação para essas plataformas.

A curiosidade de entender este novo mundo que está explodindo diante de nossos olhos foi o que motivou a estudante de arquitetura Monya de Souto Jarjour a fazer o curso de qualificação profissional em Metaverso no Iesb. “Já consigo perceber o quanto essas plataformas podem contribuir na arquitetura de diferentes maneiras, como no desenvolvimento e apresentação de projetos, inclusive oferecendo melhor experiência para nossos futuros clientes. Olhando pelo lado do marketing, também contribui para a divulgação do nosso trabalho”, ressalta Monya.

Ela destaca ainda a experiência de fazer um curso 100% imersivo. “Fiquei impressionada que as aulas não seriam ministradas nas plataformas on-line tradicionais, mas dentro do Metaverso. Outro ponto que gosto muito é que o professor traz bastante números e pesquisas reais do que já está rolando no mercado e como as empresas estão utilizando essas novas ferramentas”, acrescenta a estudante.

Formada em Design de Moda e especializada em vendas do mercado de luxo, Juliana Ribeiro Ferreira também está participando da nova revolução digital. “Acredito que o uso do Metaverso nos treinamentos das marcas de luxo e nas experiências dos clientes encantará ainda mais a todos, gerando mais negócios e credibilidade às empresas”, conta a estudante ao compartilhar a experiência nas aulas. “Está sendo incrível poder conhecer todas as aplicabilidades dessas ferramentas. Minha cabeça está borbulhando com ideias de inovações que poderão ser implementadas com o uso do Metaverso.”

Pós-graduação inédita

O sucesso da qualificação profissional levou o Iesb a lançar uma pós-graduação inédita em Metaverso e Disrupção Digital, com duração de 12 meses e foco na formação de gestores do futuro. “Neste curso, iremos ensinar, não apenas sobre Metaverso, mas sobre as principais tecnologias que existem hoje e são utilizadas para uma melhor gestão, produtividade e resultados empresariais”, explica o professor Marcel.

Com inscrições abertas, o curso é ideal para profissionais graduados em qualquer área do conhecimento e que queiram desenvolver modelos de negócios disruptivos para empresas ou startups, usando tecnologias como realidade virtual, internet das coisas, inteligência artificial, blockchain, ciência de dados, entre outras, aplicando metodologias ágeis e as chamadas soft skills. Na grade curricular, o estudante aprenderá sobre Modelos de Negócios Disruptivos; Fintechs e Novos Negócios; Planejamento Estratégico Digital; Lean Startup; Design Thinking; Realidade Aumentada; Realidade Virtual; Gamificação; Smart City; Inteligência Artificial e IoT; Chatbot e Machine Learning; Blockchain; e Big Data.

Mais informações no link.