DF registra mais de 95 mil inscritos no Enem 2019

Centro-Oeste responde por 8,3% do total de inscritos, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira

BrFreepikBrFreepik

atualizado 29/05/2019 16:59

A região Centro-Oeste do Brasil foi responsável por 424.291 inscrições confirmadas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. O número representa 8,3% do total, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). O Distrito Federal registrou 95.862 inscrições confirmadas, mas a liderança ficou com Goiás (169.982). Mato Grosso e Mato Grosso do Sul registraram, respectivamente, 88 mil e 70 mil inscritos.

Em todo o país, o Sudeste liderou em termos de número de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): foram 1,79 milhão de inscrições confirmadas, o equivalente a 35,2%. A região que aparece em segundo lugar é o Nordeste, com 34,2%; seguido pelo Norte (11,7%), Sul (10,6%) e o Centro-Oeste. Entre os participantes, a situação escolar revela que 28,8% devem terminar o Ensino Médio em 2019. Os treineiros, que vão concluir a educação básica nos anos posteriores, representaram 12,1% dos inscritos.

A maioria, no entanto, já finalizou a educação básica nos anos anteriores (58,7%). É o caso de Everton Santana, 27 anos, que terminou o Ensino Médio em 2009 e participará do exame pela segunda vez. O objetivo é claro: obter uma segunda formação, desta vez em Portugal. “Tenho interesse no curso de Psicologia, mas pretendo direcionar a minha atenção para a Psicologia da Aprendizagem, de modo que não se distancie da minha graduação já que é uma área que eu gosto”, planeja.

Everton é graduado em Letras com habilitação em Inglês e Português. “Linguagem e Humanas são as minhas paixões. Como estou no ambiente escolar, me encontro em constante revisão, em especial na área de Linguagem, que é minha especialidade”, destaca. O participante do Enem também pertence à faixa etária com o maior número de representantes, a de 21 a 30 anos (26,7%). Nesta edição, a taxa de inscrição custou R$ 85 e os pagantes equivalem a 41,5% do total de pessoas confirmadas.

Estudantes isentos ainda são maioria: 2.980.502 participantes, que representam (58,5%), O número é menor do que o registrado no Enem 2018, quando 63,8% foram dispensados de realizar o pagamento.

As mulheres equivalem a 3.031.798 de participantes, representando 59,5% do total. Em termos de cor e/ou raça, os autodeclarados pardos chegaram a 2,3 milhões de pessoas e são a maioria (46,4%), seguidos dos brancos (36%) e pretos (12,7%) e amarelos (2,3%).

Provas do Enem

As provas do Enem serão aplicadas em 03 e 10 de novembro de 2019, dois domingos consecutivos. No primeiro dia, serão realizadas as provas de Linguagens, Redação e Ciências Humanas, com início às 13h30 (horário de Brasília) duração de 5h30. Já no segundo dia, as avaliações serão de Ciências da Natureza e Matemática, com início no mesmo horário e duração de 5h.

O resultado do Enem será divulgado posteriormente e os candidatos podem utilizar a nota para se inscrever em programas como o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), o Programa Universidade para Todos (Prouni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Além de ser válido também para entrar em universidades de Portugal.

Últimas notícias