Conteúdo especial

Crowdfunding busca viabilizar livro sobre cidades fluidas e integradas

Obra dinamarquesa mostra como construir espaços públicos capazes de favorecer a convivência entre as pessoas e impulsionar a economia

atualizado 15/09/2021 9:28

O arquiteto e urbanista dinamarquês David Sim e a editora brasileira Vicinitas acabam de lançar campanha de financiamento coletivo para publicar a versão em português do livro Soft City: Building Density for Everyday Life. Com duração de três meses, a iniciativa pretende publicar a obra no Brasil por um preço 32% menor do que a versão norte-americana (em inglês).

A obra traz o prefácio de Jan Gehl, um dos maiores urbanistas da atualidade, e convida para uma reflexão sobre como é possível criar cidades mais fluidas e integradas, com espaços públicos capazes de favorecer a convivência e impulsionar atividades econômicas.

O arquiteto e urbanista dinamarquês David Sim e a editora brasileira Vicinitas acabam de lançar campanha de financiamento coletivo

A campanha de financiamento coletivo, promovida via plataforma Catarse, tem como meta a captação de R$ 105 mil. A contribuição mínima é de R$ 49 e recompensa o apoiador com um pôster ilustrado com os 10 princípios de uma cidade suave. A partir de R$ 119 já é possível garantir um exemplar da edição em português do livro, além de outras recompensas.

Contribuições acima de R$ 2.500 permitem aos doadores, além do recebimento dos kits com livro e recompensas, a indicação de instituições de ensino para o envio de exemplares gratuitos da obra. Patrocinadores institucionais que ajudarem com R$ 10 mil ou mais terão a marca impressa na página de agradecimentos da primeira edição em português e exposta em todos os eventos de divulgação e lançamento do livro, entre outras contrapartidas.

“Cada projeto é uma oportunidade de redefinir parâmetros e buscar melhores resultados em termos de qualidade de vida para as pessoas e de eficiência para os negócios. O livro de David Sim traz ensinamentos preciosos para o mercado imobiliário brasileiro.”

Ricardo Birmann, CEO do projeto Urbitá e um dos apoiadores da campanha

A iniciativa da Editora Vicinitas conta ainda com o apoio do Fundação Aron Birmann de São Paulo e do Fórum Urbanidade, movimento criado para promover debates e gerar conteúdos sobre urbanismo no Brasil.

Soft City na prática  

No Brasil, a Gehl Architects, sob a liderança e ativa participação de David Sim, contribuiu com o desenvolvimento do masterplan do projeto Urbitá, bairro que será construído na saída norte do DF, a 10 km do Plano Piloto de Brasília. O projeto, que vem sendo gerido desde 2008, estabelece curtas distâncias a serem percorridas a pé e de bicicleta e reserva ainda 40% da área total para uso público.

Estão previstos investimentos superiores a R$ 17 bilhões e a geração de 25 mil empregos na criação de um bairro mixed use. Ele será composto de edifícios residenciais e corporativos, escolas, unidades de saúde, centros de compras, espaços culturais e de lazer, além de um parque linear de 2 milhões de m². A primeira fase do empreendimento, que abrigará aproximadamente 11 mil moradores, deve ser iniciada já no primeiro semestre de 2022.

Sobre o livro 

Soft City é a história de como construir lugares mais densos e diversos que valorizem o dia a dia das pessoas, apresentando princípios e soluções para a criação de bairros habitáveis e com vida pública vibrante.

No prefácio, Jan Gehl conta que a obra é fruto da ampla experiência adquirida por David Sim em trabalhos feitos em todos os continentes do mundo e declara se tratar de uma grande contribuição para a literatura sobre urbanismo. “Soft City é um acréscimo importante à crescente literatura sobre arquitetura e planejamento urbano adequados às pessoas. Na verdade, a arquitetura e o planejamento da cidade precisam ser um pouco mais suaves. Este é um bom lugar para começar”, conclui o urbanista.

Campanha de financiamento coletivo para publicar a versão em português do livro Soft City: Building Density for Everyday Life

Para contribuir, acesse www.catarse.me/softcity-portugues