Ministério da Economia tem 300 vagas. Salários chegam a R$ 6,1 mil

Ministério também vai selecionar 1.830 nomes para cadastro reserva com validade de 2 anos. Prazo para inscrições vai até sexta-feira (14/1)

atualizado 10/01/2022 11:34

Pessoas em frente ao Ministério da EconomiaMyke Sena/Esp. Metrópoles

O Ministério da Economia lançou seleção para a contratação temporária de 300 profissionais. As provas também vão selecionar 1.830 candidatos para cadastro reserva.

As vagas para nível médio oferecem salários de R$ 1,7 mil. Os cargos de nível superior preveem vencimentos entre R$ 3,8 mil e R$ 6,1 mil.

Confira o edital:

Segundo a pasta, candidatos poderão fazer inscrição até a próxima sexta-feira (14/1). A partir das 14h desta segunda-feira (10/1), o cadastro é on-line e poderá ser feito por esse link. Das vagas para preenchimento direto, 224 estarão disponíveis para ampla concorrência. As demais estão reservadas para cotas.

As provas objetivas estão previstas para 3 de abril. A seleção também fará avaliação de títulos dos candidatos. Os documentos deverão ser enviados entre 4 e 8 de maio. O resultado final do processo seletivo completo está marcado para 30 de maio. As datas poderão ser alteradas pela banca organizadora da seleção.

O cadastro reserva terá validade 2 anos, com possibilidade de prorrogação por igual período, uma única vez. A seleção está sob responsabilidade do Instituto de Desenvolvimento Institucional Brasileiro (Idib).

Mais lidas
Últimas notícias