Defensoria Pública do DF fará concurso com 60 vagas para analista

Órgão publicou anúncio no Diário Oficial do Distrito Federal desta terça-feira (21/10/2020)

Lúcio Cunha/DPDF/DivulgaçãoLúcio Cunha/DPDF/Divulgação

atualizado 21/01/2020 11:10

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) realizará concurso público para preencher 60 vagas. O cargo destinado é o de analista de apoio à assistência judiciária. O certame também vale para a formação de cadastro reserva.

A informação foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (21/01/2020). Ainda não há informações sobre edital ou início das inscrições, além de outros detalhes.

No ano passado, o órgão abriu processo seletivo para preencher 12 vagas na carreira de defensor público de segunda categoria, com formação de cadastro de reserva. A banca responsável pelo concurso foi o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Antes, em 2014, foi a última vez que a Defensoria Pública fez um concurso para a função de analista. À época, o órgão abriu 15 vagas imediatas e 45 para formação de cadastro reserva.

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) ficou como responsável pela realização do concurso. A seleção foi composta de prova objetiva e discursiva, ambas eliminatórias e classificatórias. Os candidatos deveriam ter diploma de bacharelado em direito. O salário inicial era de R$ 5.241,22.