*
 

As provas para o concurso da Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) serão aplicadas em 16 de dezembro. A banca organizadora do certame informou a alteração da data por indisponibilidade de espaços suficientes e adequados.

O certame tem 76 mil candidatos inscritos, que disputam 96 vagas. A remuneração é de até R$ 12 mil.

Na comunicação do adiamento das provas, previstas para domingo (9), a banca Inaz do Pará explicou que outros concursos que acontecerão em Brasília na mesma data reduziram drasticamente a disponibilidade de locais para o exame, acarretando a necessidade de reorganização e realocação dos candidatos.

Segundo a responsável pelo certame, os inscritos serão comunicados via e-mail e o novo cronograma será publicado no Diário Oficial do DF (DODF).

O presidente da Novacap, Júlio Menegotto, lamenta o adiamento e destaca a garantia da segurança e a lisura do concurso.“O adiamento é uma medida que busca a melhor logística e, consequentemente, mais segurança e conforto para o candidato”, ressaltou.

O concurso, lançado em março deste ano, enfrentou diversos embates judiciais. A última suspensão foi determinada pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF), no dia 21 de julho deste ano.

A Corte apresentou inconsistências no regulamento para o cargo de advogado. Diante do impasse, a Novacap preferiu suspender todas as provas de todos os candidatos, que realizariam as avaliações no dia 24 de julho.

Em março, o concurso também havia sido suspenso pelo TCDF. Dessa vez, em razão dos baixos valores da taxa de inscrição, que colocaram em dúvida a segurança do processo seletivo, de R$ 6 para cargos de nível médio e de R$ 7 para os com grau superior de instrução. (Com informações da Agência Brasília)