IBGE define banca organizadora de concurso com 400 vagas

Empresa responsável será o Instituto AOCP. Seleção irá recrutar analistas para atuar no Censo Demográfico de 2020

DIVULGAÇÃO/IBGEDIVULGAÇÃO/IBGE

atualizado 11/06/2019 11:18

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) definiu a banca organizadora do seu próximo processo seletivo simplificado. De acordo com publicação do Diário Oficial da União da última sexta-feira (07/06/2019), a empresa responsável será o Instituto AOCP.

Uma portaria publicada em abril atesta que serão 400 vagas temporárias para analistas censitários, que irão trabalhar no Censo Demográfico de 2020. Os postos são para ensino superior e os contratados serão lotados em diversas cidades do país.

Diário Oficial da União/Reprodução

As oportunidades fazem parte do total de 234.416 vagas disponíveis no instituto. A autorização para contratar novos funcionários foi divulgada em maio deste ano. Há vagas para diferentes cargos, como coordenador censitário, agente operacional, supervisor (call center), agente municipal, agente supervisor, codificador e recenseador.

O contrato dos selecionados terá duração de um ano, mas pode ser prorrogado. Além disso, a remuneração dos escolhidos deverá ser definida pelo IBGE.

Diário Oficial da União

Censo Experimental 2019

Do total de vagas, o IBGE separou 209 postos para o Censo Experimental de 2019, com cargos dos níveis fundamental e médio. Os selecionados atuarão em Poços de Caldas (MG).

O edital já foi publicado e as inscrições estão abertas. O prazo final para cadastro era até 9 de junho, porém a data foi prorrogada e se estende até esta sexta-feira (14/06/2019). O registro deve ser feito no site do Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade), responsável pelo processo seletivo. As taxas de inscrição vão de R$ 25 a R$ 42,50.

O IBGE procura funcionários para os cargos de agente censitário municipal experimental e agente censitário supervisor e recenseador. Os salários variam de R$ 1,7 mil a R$ 2,1 mil. Além disso, os contratados receberão benefícios, como auxílio-alimentação e auxílio-transporte, férias e 13º salário proporcionais.

 

Últimas notícias