Concursos no GDF têm previsão de 21 mil vagas em 2019

Salários variam de R$ 3,1 mil a R$ 27,4 mil, para todos os níveis de escolaridade. Entre os mais esperados, estão o da PCDF, Sefaz e do TCDF

Michael Melo/MetrópolesMichael Melo/Metrópoles

atualizado 22/12/2018 14:51

Quem sonha em entrar para o serviço público tem motivos de sobra para começar 2019 estudando. De acordo com a Lei Orçamentária Anual aprovada pela Câmara Legislativa e com certames que já estão sendo organizados, os concurseiros terão a oportunidade de disputar cerca de 21 mil vagas em órgãos do Governo do Distrito Federal (GDF) e da Justiça local. Os salários variam de R$ 3,1 mil a R$ 27,4 mil, para todos os níveis de escolaridade.

Presidente do Gran Cursos Online, Gabriel Granjeiro acredita que 2019 será melhor do que este ano. Para o empresário, os interessados não podem parar de estudar. “São concursos de alto nível, que certamente vão atrair candidatos de vários locais do país”, destaca. Entre eles, cita os da Secretaria de Fazenda, Polícia Civil e do Tribunal de Contas do DF.

Os certames cobram muitas disciplinas, conteúdos extensos, o que exige preparação prévia. Granjeiro ressalta ainda que o governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) prometeu durante a campanha substituir comissionados por servidores concursados, medida que deve aumentar ainda mais a oferta de vagas em concursos.

Confira as oportunidades previstas:

Polícia Civil do Distrito Federal – O concurso da PCDF contará com 300 vagas para a carreira de escrivão. De acordo com a assessoria do órgão, a banca escolhida será divulgada em breve. A previsão é para que sejam lançadas 300 vagas. É preciso ter nível superior. A remuneração varia de acordo com a classe ocupada, sendo R$ 8.698,78 para Terceira Classe; R$ 9.129,01 para a Segunda Classe; R$ 10.961,45 para a Primeira Classe; e para a Classe Especial a remuneração chega a R$ 13.751,51.

Secretaria de Fazenda – A Sefaz-DF contratou o Cebraspe para organizar o seu próximo concurso. Serão ofertadas 120 vagas para o cargo de auditor-fiscal da Receita. A previsão é de que o edital seja publicado em janeiro de 2019. A remuneração inicial é de R$ 14.970,00 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais. Com a progressão na carreira, a remuneração pode chegar a R$ 22.196,62. Os interessados precisam ter diploma de conclusão de curso de graduação de nível superior, devidamente registrado.

Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão – O aguardado concurso para a Seplag será lançado até abril de 2019. O certame ofertará 750 vagas, sendo 250 imediatas e 500 para cadastro de reserva, distribuídas entre os cargos de Técnico e Analista de Políticas Públicas e Gestão Governamental. O nível de escolaridade exigido é superior, para qualquer área – requisito da lei que criou a carreira. Os salários variam entre 4,4 mil e R$ 9 mil.

Serviço de Limpeza Urbana – O SLU definiu que o Cebraspe será o responsável por organizar o seu próximo concurso. O edital contará com 50 vagas imediatas e 100 para formação de cadastro de reserva para o cargo de Analista de Gestão de Resíduos Sólidos. O vencimento inicial do cargo é de R$ 5.070.

Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos – O edital para o concurso da Sedest-DF oferta 314 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva de 1.570 para os cargos de Especialista em Assistência Social e Técnico em Assistência Social. As inscrições estão abertas até o dia 24 de janeiro de 2019.

Departamento de Estradas e Rodagem – O DER-DF deve realizar novo concurso público em 2019. A previsão é de que sejam ofertadas 289 vagas, sendo 41 para a carreira de Analista de Atividade Rodoviária, 134 para Técnico de Atividades Rodoviárias, 60 para Agente de Trânsito Rodoviário e 54 para Agente de Atividades Rodoviárias. Salários a partir de R$ 3.166,72.

Procuradoria-Geral do DF – A PGDF criou um grupo de trabalho para elaboração do projeto básico destinado à contratação da instituição que ficará responsável pela realização do concurso público para provimento de cargos de analista jurídico e de técnico jurídico. Serão ofertadas 57 vagas para o cargo de analista jurídico e 43 vagas para o cargo de técnico jurídico. A remuneração inicial é de até R$ 7,3 mil.

Defensoria Pública do DF – A DPDF escolheu o Cebraspe como organizador do seu próximo concurso público. Serão ofertadas sete vagas mais formação de cadastro de reserva. Atualmente, a classe inicial da carreira de defensor público tem remuneração inicial de R$ 22.589,59 e jornada de trabalho de 30 horas semanais.

Controladoria-Geral do DF – A CGDF criou comissão organizadora do próximo concurso para o órgão. Um documento revela que as vagas serão reservadas para as carreiras de auditor de controle interno, que exige diploma de nível superior.

Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal – Foi formada a comissão para o próximo concurso da Adasa. Assim, a previsão é para que o certame seja publicado em 2019. Devem ser ofertadas 18 vagas para a carreira de regulador de serviços públicos e sete para técnico de regulação de serviços públicos. Os aprovados no concurso terão remuneração inicial que varia de R$ 4 mil, para técnico, a R$ 9,2 mil, para regulador. Já no topo da carreira, os servidores receberão R$ 5.667,59 e R$ 13.035,46, respectivamente, além de gratificações.

Secretaria das Cidades – A pasta realizará novo concurso público em 2019. A comissão do certame já foi formada. De acordo com um documento publicado no Diário Oficial do DF, serão ofertadas vagas nos cargos de analista e técnico da Carreira Planejamento e Gestão Urbana e Regional do Distrito Federal.

Subsecretaria do Sistema Penitenciário – Foi aprovada a lei que cria 1.400 vagas para a carreira de agente penitenciário na Sesipe. O salário previsto no último concurso era de R$ 5,4 mil.

Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil – A Novacap rescindiu o contrato com a banca Inaz do Pará, responsável pela organização do certame. O processo seletivo, com 76 mil candidatos inscritos, foi adiado quatro vezes. As inscrições podem ser reabertas.

Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios – O TJDFT está estudando a realização do seu próximo concurso. De acordo com um documento publicado no site do órgão, o novo concurso poderá ofertar oportunidade para preencher os 296 cargos vagos para as carreiras de técnico e analista judiciário. O tribunal também já definiu o Cebraspe como responsável para o concurso que proverá vagas em quatro cartórios do DF no cargo de notário. Em janeiro de 2019, um analista judiciário do TJDFT passará a ter remuneração de R$ 12.455,30. Já um técnico judiciário deve passar a ganhar R$ 7.591,39.

Tribunal de Contas do Distrito Federal – Os próximos concursos do TCDF devem ofertar 14 vagas nas carreiras de procurador (1), auditor de controle externo (7), técnico de administração pública (3) e analista de administração pública (3). Os salários variam de R$ 10,2 mil a R$ 27,4 mil. (Com informações do Gran Cursos Online)

Últimas notícias