Banco Central avalia envio de novo pedido de autorização para concurso

Última solicitação enviada ao Ministério da Economia foi destinada ao preenchimento de vagas para três carreiras

atualizado 18/05/2020 9:24

O concurso do Banco Central do Brasil — Bacen segue em pauta. A instituição confirmou que avalia a possibilidade de encaminhar um novo pedido de autorização para preenchimento de postos ao Ministério da Economia.

De qualquer forma, a confirmação deve ocorrer nos próximos dias, tendo em vista que os órgãos têm até 31 de maio para encaminhar as solicitações que possam ser consideradas para o orçamento de 2021. Novas informações devem ser confirmadas em breve.

Além do pedido, a realização de novas seleções pode se tornar mais viável em decorrência do Projeto de Lei Complementar nº 19/2019, que visa dar maior autonomia para a instituição.

A proposta está na ordem do dia para votação no Senado. A intenção inicial era apreciar a matéria em 10 de março, com discussão em turno único, mas vem sendo adiada, em decorrência de prioridades para temas considerados mais urgentes, em decorrência da pandemia de coronavírus.

Com a proposta, além do controle da inflação, o Bacen passará a ter mais dois objetivos: suavizar as flutuações do nível de atividade econômica e zelar pela solidez do sistema financeiro.

0

A proposta também fixa em quatro anos o mandato para os dirigentes da autarquia, com a possibilidade de uma recondução, e determina que o mandato do presidente do Bacen comece no primeiro dia útil do terceiro ano do mandato do presidente da República.

Além desse projeto, outro semelhante tramita na Câmara dos Deputados. Trata-se do Projeto de Lei Complementar n° 112/2019, que está parado na Coordenação de Comissões Permanentes desde junho de 2019.

A diferença é que a proposta na Câmara transfere competências sobre política monetária do Conselho Monetário Nacional para o Banco Central, ponto que não é tratado na proposta que será votada no Senado.

Oportunidades do concurso Bacen

O último pedido de Concurso do Bacen, enviado em 2019, foi para o preenchimento de 260 vagas distribuídas entre três carreiras, da seguinte maneira: 200 para analista, 30 para procurador e 30 para técnico.

Os postos de analista e procurador aceitam candidatos com formação superior em diversas áreas de atuação – neste caso, os vencimentos correspondem a R$ 16.286,90 e a R$ 17.788,33, respectivamente.

Últimas notícias