Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Sexting e webdates: o que os solteiros brasileiros podem esperar de 2021?

O site de relacionamentos Badoo analisou o comportamento dos usuários e mapeou seis tendências globais para os dates deste ano

atualizado 01/01/2021 10:21

Tendências de dates para 2021Foto: Carol Yepes/Getty Images

Ainda que ninguém possa dizer com certeza o que esperar de 2021, é possível, por meio de análise, imaginar as tendências prováveis de acordo com os últimos acontecimentos. E é claro que algo como uma pandemia iria influenciar diretamente todas as áreas da vida – principalmente os relacionamentos e o sexo.

Após diversos meses de protocolos, distanciamento social, tesão acumulado etc., os solteiros mudaram todo seu modus operandi na hora de procurar um contatinho. E assim como outras plataformas gringas fizeram pesquisas a fim de preparar os quarenteners para o que está por vir, o Badoo também deu essa força.

“As pessoas tiveram que inventar novas formas para se relacionar e também criar novas oportunidades para isso acontecer. E mesmo com todos os desafios, fomos inspirados pela maneira como nossos usuários continuaram a se conectar uns com os outros em 2020″, comenta Martha Agrícola, Diretora de Marketing do Badoo no Brasil.

Por meio de análise do LoveMap, uma plataforma criada pela Badoo para destacar as interações dos usuários do aplicativo diariamente, sobressaíram-se seis tendências ainda não trazidas por outros levantamentos. Quanto mais, melhor. Certo? Confira:

Webdate

Quem não participou de uma chamada de vídeo (ou call, como preferir) em todo ano de 2020 que atire a primeira pedra. A ferramenta foi responsável por promover conexões mais íntimas e seguras do conforto de casa. De acordo com a plataforma, o uso das videochamadas continua forte em 2021.

Sexting

“Tá vestindo o quê?”. Antes considerada um tabu por muitas pessoas, a relação entre sexo e tecnologia foi intensificada no último ano e, com isso, gerou mudanças na ordem e quantidade de interações sexuais antes de um encontro na vida real. A tendência é que o sexting continue presente nos relacionamentos.

DMs mais profundas

Com cada vez mais restrições e incertezas sobre o futuro, muitas pessoas se viram diante de uma nova oportunidade quando o assunto é se relacionar. Se antes era necessário apenas uma conversa breve por mensagem para marcar um encontro, agora os solteiros estão aproveitando o tempo para terem conversas mais profundas, mesmo sem a previsão de um encontro ao vivo.

Desacelerar a paquera

A ausência de encontro na vida real colocou uma ênfase no momento pré-encontro. Com isso, a fase da paquera e da conquista online se tornou ainda mais importante e duradoura. Uma vez que ainda não se tem a vacina e as pessoas precisam ser mais criteriosas antes de se encontrar com alguém, 2021 tende a perpetuar essa paquera mais longa.

Dates mais longos

Houve uma mudança nos hábitos não só da paquera, mas também dos encontros em relação à duração e planejamento. A tendência é que eles sejam marcados com bastante antecedência, seguindo as novas medidas de segurança e com mais tempo para planejar atividades que não coloquem em risco o casal.

Foco em mim

A maioria das pessoas têm usado mais tempo para refletir sobre si mesmas, focando em suas próprias necessidades e desejos mais profundos. A partir disso, surge um novo tipo de solteiro: mais autoconsciente, com uma nova visão e mais aberto a conhecer novas pessoas. Afinal, saber o que você está procurando e quem você é são fatores importantes para criar uma conexão sincera com alguém.

Últimas notícias