Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Ritmo quente: estudo aponta músicas perfeitas para ouvir no sexo

A trilha sonora do filme Dirty Dancing foi eleita pelos entrevistados como a melhor para o ato

atualizado 27/01/2020 20:21

Reprodução/ FreePik

Ao que tudo indica, a música tem muita influência na vida sexual das pessoas. É o que diz Daniel Müllensiefen, psicólogo especializado na área musical, professor na Universidade de Londres e autor do estudo Science Behind The Song, feito para o Spotify.

“A música ideal não só existe como é capaz de provocar a química perfeita na hora do ato sexual, ajudando a sincronizar energias, respiração e ritmo”, refere o autor do estudo.

Müllensiefen concluiu que Will You Love Me Tomorrow?, famosa na voz do grupo The Shirelles, foi selecionada por 2 mil entrevistados como a melhor canção para despertar o desejo sexual na cama. O clássico Sexual Healing, de Marvin Gaye, foi considerado uma das melhores faixas para escutar enquanto durante esse intenso clima, seguida de Bolero de Ravel.

Mas a música ideal para se ouvir durante o ato sexual é a da trilha sonora do filme Dirty Dancing – eleita tanto por homens como por mulheres.

“Não é surpresa tanta gente considerando que a música acende”, explica o cientista. “Além de estar relacionada com sedução e romance, ela ativa no cérebro os mesmos centros de prazer que respondem a estímulos como sexo, comida e droga.”

Música antes de vinho e lingerie

Em outro estudo realizado com 2 mil pessoas, feito pelo Deezer em colaboração com a especialista internacional em sexo, linguagem corporal e relacionamentos Tracey Cox, 90% dos brasileiros afirmaram que a música ajuda de alguma maneira na performance sexual. 

E escolher um bom ritmo é fundamental: para 60% das pessoas, é isso que influencia e faz melhorar o desempenho. Depois, com 45% vem a melodia e, por fim, com 33% das respostas, às batidas por minutos. A pesquisa foi realizada em 2019.

De acordo com os entrevistados, você deve esquecer vinhos ou até a lingerie especial e investir nas faixas de seu artista preferido para conquistar o parceiro ou a parceira e ter ainda mais prazer no sexo. 

Enquanto 52% dizem que as canções são a alternativa ideal para criar aquele clima, 37% responderam que preferem tomar vinho, 13% outros drinques, 8% comer chocolate. Também entraram nessa lista escolher uma bela lingerie sexy (37%) e investir em uma luz ambiente de menor intensidade (36%). 

Ainda na ala dos amantes de um bom som, 63% das pessoas falaram que isso é ponto obrigatório para o ato. Para 40%, a relação dura mais com trilha sonora e 30% afirmaram que se sentem até mais excitados . 

Onde fazer sexo?

Escutar as canções preferidas combina também com o desejo comum de apimentar a relação ou quebrar a rotina, levando o sexo para fora das quatro paredes do quarto. Brasileiros disseram que gostam de apostar em transas no carro com o rádio ligado. Além disso, afirmaram ter vontade de fazer sexo na praia ou na cozinha. O lugar citado como mais diferente para o ato sexual foi festival/show. 

A relação da música com o prazer e o desempenho sexual pode ter origem na ciência, da mesma forma que isso afeta os resultados nos exercícios. Médicos defendem que escutar a trilha sonora preferida mexe com a região do cérebro onde estão os sentimentos e as emoções e faz com que sejam liberados neurotransmissores, como endorfina e dopamina, os quais estão intimamente ligados ao prazer e as recompensas. Se melhora o desempenho na academia, por que não na cama?

Diante disso, confira 10 músicas que podem apimentar a transa: 

Sex With Me, da Rihanna

Birthday Sex, do Jeremih

Ride, do SoMo

Earned It, do The Weeknd

Slow Motion, do Trey Songz

Often, do The Weeknd

Neighbors Know My Name, do Trey Songz

Pony, do Ginuwine

Sex, do Cheat Codes

Partition, da Beyoncé

Últimas notícias