Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Entenda a polêmica que envolve o PornHub e o Museu do Louvre

A nova série Nus Clássicos, do site de vídeos adultos com apresentação de Cicciolina, revoltou museus europeus

atualizado 23/07/2021 21:11

Reprodução

A pornografia pode não ser considerada arte, mas alguma arte pode definitivamente ser considerada pornografia”, é assim que a ativista e ícone pornô ítalo-húngara, Ilona Anna Staller, conhecida artisticamente por Cicciolina, apresenta o novo projeto de pornô interativo do PornHub, Classic Nudes, ou, Nus Clássicos, na tradução livre. 

Com mapas interativos dos museus e pequenas explicações sobre a ligação das obras e seus criadores com o sexo, além de vídeos reencenados, o Classic Nudes acabou despertando a ira de grandes museus da Europa. 

O Louvre, na França, e Galeria Uffizi, na Itália foram os primeiros a desaprovar o projeto:  “Ninguém concedeu autorização para o uso da arte”, disse um porta-voz da Uffizi ao portal inglês The Daily Beast. E ainda completaram: “Na Itália, o código do patrimônio cultural prevê que, para usar imagens de um museu, obras compactadas para fins comerciais, é necessário ter a permissão, que regulamenta os métodos e fixa a taxa relativa a ser paga. Tudo isso obviamente se o museu conceder a autorização que, por exemplo, dificilmente teria sido emitida neste caso”.

Já o Louvre recorreu a advogados e decidiu processar o site: “Esperamos que as obras sejam removidas imediatamente”.

Obras reencenadas

De acordo com o PornHub, o projeto teria como objetivo incentivar seus usuários a experimentar a arte e assim estimular a visitação aos museus. Para isso, eles convidaram estrelas pornôs para comentar algumas das mais famosas obras de arte do mundo. No vídeo de abertura do site, Cicciolina aparece reencenando a Vênus de Botticelli:  “Algumas das melhores pornografias de todos os tempos não estão no Pornhub. Podem ser encontradas num museu”, diz. 

Entre os quadros que foram incluídos estão a Vênus de Urbino, de Ticiano, exposta na Uffizi; o quadro Homem Nu, de Degas, exposto no Met, em Nova York; além de obras da National Gallery, em Londres; Museu d’Orsay, em Paris e do Museu do Prado, em Madri.

Para os apreciadores de arte de plantão, ou de pornografia, vale conferir no site Show Me  The Nudes: “De orgias a atividades ao ar livre, e até mesmo um pouco de nipple play, prepare-se para saborear cada golpe dessas surpreendentes obras-primas com comentários em áudio de Asa Akira (conhecida atriz pornô)”. Boa visitação.

Últimas notícias