Deixe os tabus do lado de fora e pode entrar. Tudo sobre sexo, para você gozar a vida.

Empresário e advogada assumem trisal com influencer e bombam na web

O trisal vive em Tocantins e eles criaram um perfil no Instagram para compartilhar a vida a três

atualizado 23/03/2022 18:20

Reprodução Instagram

Casados há 15 anos, a advogada Graziela Veras e o empresário Diogo Matheus, moradores de Palmas, no Tocantins, estão juntos desde a faculdade. Mas durante a pandemia, eles resolveram incluir uma terceira pessoa na relação, a influenciadora Natalia Silva.

Agora, o trisal está fazendo sucesso no Instagram. Há menos de uma semana eles criaram o perfil Vivendo a Três e a conta já soma quase 14 mil seguidores. No perfil, eles fazem questão de mostrar a vida poliamorosa sem medos de julgamentos ou preconceitos.

Em entrevista ao G1 Tocantins, eles deram detalhes da relação: “O objetivo é mostrar que é possível amar mais de uma pessoa, viver o amor livre e sem preconceito”, disse Natalia.

Como começou

No ano de 2020, um amigo provocou Graziela sobre a possibilidade de uma mulher na relação: “Ele começou com a brincadeira, perguntando se eu tinha coragem de me relacionar com outra mulher e na hora eu disse que sim. Depois, eu cheguei no Diogo e falei: ‘Poxa, eu acho que queria ter essa experiência. O Diogo gostou da ideia e foi assim que começou”, contou Graziela.

Então eles partiram para as investidas em Natalia, que já saia com a mesma turma, porém não se mostrava aberta ao casal.

“Eu não sabia onde eu enfiava a cara. Não era uma coisa que tinha costume de lidar e tinha mais um agravante, eles eram casados, eu ficava com medo de falar alguma coisa e eles entenderem errado e acabar a amizade. Eu ficava receosa”, explicou a influenciadora em entrevista ao G1.

Após o casal desistir, Natalia resolveu dar uma chance e desde então não se desgrudaram mais. A vontade de trazer o relacionamento ao público veio depois de passarem por situações de julgamentos das pessoas que não sabiam o que estava acontecendo e viam a relação: “O povo comentava com olhos maldosos, tipo: ‘A Natalia está dando em cima do marido da melhor amiga. Ou o esposo da melhor amiga da Natalia está traindo a esposa com ela’. Eu estava sendo vista como a amiga quenga e a Grazi como a corna. Eu falei: ‘A gente precisa falar com o pessoal que a gente está junto e que queremos ficar juntos”, contou Natalia.

Vivendo a três livremente

Após abrir a história para as pessoas próximas, eles contaram para as famílias e hoje convivem bem com a decisão.  E quando se trata do julgamento da sociedade, eles revelam não ter inseguranças, mesmo sofrendo certas formas de preconceitos. 

A criação do perfil nas redes sociais veio com o intuito de compartilhar a rotina, tirar dúvidas dos curiosos e mostrar o poliamor. “O objetivo é tirar as pessoas da “casinha”, da zona de conforto, mostrar que sim, é possível viver esse amor livre e sem preconceito e que a vida é mais leve quando você pode ser você mesmo”, explicou Natalia.

E a pergunta que não quer calar, entre os curiosos, é sobre o sexo: “Geralmente, nós três estamos sempre juntos, então o sexo é entre os três conjuntamente, mas não existe uma regra. Por exemplo, se eu e a Nath estivermos em casa e a gente estiver a fim, rola. Se a Nath e o Diogo estiverem em casa e estiverem a fim, rola também”, explica Graziela.

O relacionamento entre os três é fechado e eles garantem que não há ciúmes. E a notícia para quem ficou interessado, é que não há vagas para um quarto elemento na relação. O casal garantiu que Natalia é a primeira e a última.

Mais lidas
Últimas notícias