Bastidores da televisão, notícias da sua novela preferida e entrevistas com os principais atores

Globo exibe série Desalma na semana do Dia das Bruxas

Exibida originalmente no Globoplay, a série é um drama sobrenatural onde fenômenos sobrenaturais assombram a população de uma pequena cidade

atualizado 19/10/2021 15:19

Estevam Avellar/Globo

No clima do Halloween, Corujão Mistério irá apresentar o drama sobrenatural Desalma. Exibida originalmente no Globoplay, a série irá ao ar pela primeira vez na TV Globo em cinco episódios duplos, a partir do próximo dia 25. A obra criada e escrita por Ana Paula Maia com direção artística de Carlos Manga Jr., se passa na pequena Brígida, cidade fictícia do interior do Sul do país, onde fenômenos sobrenaturais assombram a população ao longo de décadas, enquanto rituais de bruxaria prometem trazer de volta ao mundo dos vivos almas de pessoas que já se foram. Os moradores pagam pelas escolhas feitas no passado e são atormentados por eventos sobrenaturais.

Grande fã de histórias do terror, a autora Ana Paula Maia é vencedora do Prêmio São Paulo de Literatura e tem livros traduzidos em diversos países. Agora, estreia no audiovisual com esse drama. “Desalma é um drama sobrenatural, com camadas. É a não aceitação da morte e tem relação com transmigração de almas. Esse tema tem muito a ver com o meu universo. Gosto de terror e sobrenatural desde pequena e tenho uma trajetória com histórias do gênero em toda a minha vida. Até então, eu nunca tinha conseguido levar isso para a literatura. Vi no audiovisual essa oportunidade. Escrevi sozinha, de uma forma bem parecida como eu escrevo meus livros”, conta a autora, que escolheu retratar a cultura ucraniana ao contar uma história envolvendo mistérios.

“Falamos da migração do povo de um país que existe hoje no Brasil, mas pouca gente conhece. A maior comunidade ucraniana fora da Ucrânia é no Brasil. Eles mantêm vivas as festas, as tradições. O leste europeu é extremamente místico. Peguei essa atmosfera muito rica culturalmente para contar uma história com elementos sobrenaturais”, revela.

Na história, que tem como pano de fundo a mitologia eslava, a floresta de árvores altas e as enormes cachoeiras têm protagonismo. A trama se passa em duas décadas, com uma narrativa repleta de idas e vindas, em que nada é entregue facilmente ao espectador. “Na direção, criamos atmosferas que levam a imaginação a trabalhar. Você não vê as coisas, tem a sensação. Gosto de chamar de direção sugerida: uma porta fechada que quando aparece de volta está aberta, a câmera que levemente vai se aproximando de um ambiente em que nada acontece”, explica o diretor artístico Carlos Manga Jr.

O elenco de Desalma conta com nomes já conhecidos do grande público como Cassia Kis, Claudia Abreu e Maria Ribeiro e atores com características físicas do leste europeu escalados em São Paulo, Santa Catarina, Porto Alegre, Minas Gerais e Rio de Janeiro, entre eles, Anna Melo, Eduardo Borelli, Nathália Falcão, Giovanni de Lorenzi e Nathália Garcia. “Os atores menos conhecidos do grande público representam 75% do nosso elenco. Eles estão em papeis de destaque da história. Ao mesmo tempo, temos nomes fortes da dramaturgia como Cassia Kis, Claudia Abreu e Maria Ribeiro em personagens diferentes do que estamos acostumados a vê-las”, explica Manga, ressaltando que essa mistura acentua a sensação de estranheza no público.

Exibida originalmente no Globoplay, a primeira temporada de Desalma vai ao ar na TV Globo diariamente a partir do próximo dia 25, em cinco episódios duplos, após Conversa com Bial.

Últimas notícias
Mais lidas