Marcas, ideias e pessoas que impactam no mundo da comunicação

TikTok desenvolve capacitação para criadores de conteúdo negros

Interessados podem se inscrever na plataforma até 10 de novembro

atualizado 09/11/2021 18:12

Ron Lach/Pexels

Parte das ações em alusão ao Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de novembro, o TikTok e a Youpix (consultoria de negócios para economia de influência em comunicação digital) se uniram para desenvolver o #AfroContent, iniciativa que auxiliará na capacitação e crescimento de criadores de conteúdo negros. Interessados podem fazer a inscrição pelo link, disponibilizado no próprio TikTok até o dia 10 de novembro.

A capacitação ocorrerá de novembro deste ano a janeiro de 2022 e será dividida em três fases. Na primeira etapa, foundation, serão 12 horas distribuídas em aulas e workshops durante quatro dias com seleção de até 400 criadores a partir da inscrição. 

Na segunda fase, Engagement, os 50 criadores de conteúdo que mais se destacarem participarão de uma mentoria em grupo, em que serão aconselhados por executivos com experiência no mercado sobre conteúdo e estratégia de negócios.

Na última fase, Partner, a partir dos resultados das etapas anteriores, 10 criadores terão a oportunidade de participar de um aulão de aprofundamento sobre negócios e relações com marcas. Ao terminar a capacitação, poderão agregar teoria à prática no Brand Challenge, workshop de co-criação com o TikTok.

Segundo Kim Farrell, diretora de Marketing do TikTok para a América Latina, o aplicativo se tornou um grande hub de conteúdo educacional, preocupado em democratizar o acesso à educação e levar conteúdos informativos e confiáveis, além de capacitar os criadores da plataforma. “Em sinergia com esses valores, convidamos a Youpix, que dirige o único programa de aceleração de criadores da América Latina, para nos ajudar a construir esse projeto que busca capacitar criadores negros, com um conjunto de ações e formações ativas. Esperamos que o #AfroContent ajude a trazer a equidade tão necessária”, afirma.

Mais lidas
Últimas notícias