Marcas, ideias e pessoas que impactam no mundo da comunicação

Faturamento da produtora de podcasts Wepod cresce 500% em 2021

Empresa atua com temas diversos como empreendedorismo, bem-estar, educação, saúde e finanças

atualizado 12/11/2021 17:33

cottonbro/Pexels

Com o aumento cada vez mais acelerado do consumo, a produtora de podcasts Wepod já cresceu 500% no faturamento deste ano se comparado a 2020. Com atuação em todo o país e com profissionais estabelecidos em Belo Horizonte, São Paulo e Curitiba, a startup atua em três frentes de público-alvo: business (marcas e empresas), creators e influenciadores.

Focada em entregar para empresas e produtores de conteúdo estratégias que utilizam dados e inteligência de mercado antes, durante e depois da gravação, a marca pretende ter representantes comerciais em outras capitais em 2022, iniciando em João Pessoa e Florianópolis.

O CEO da Wepod, Márcio Brant, compartilhou com o Metrópoles que cada vez mais as grandes marcas estão presentes no podcast. “O objetivo delas é reforçar a reputação digital e isso deve impulsionar o mercado e provocar grandes mudanças e desafios em 2022. Entre eles, o reforço do videocast como alternativa tanto em plataformas de vídeo ou de streaming, assim como a inserção de podcast em smart speakers, chamada de ‘Revolução Vocal’.”

A Wepod apresenta um portfólio de podcasts com temas diversos como empreendedorismo, bem-estar, educação, saúde e finanças. Entre eles se destacam: “Acenda sua luz”, da influenciadora digital Carol Rache; o “Atom Cast”, da investidora Carol Paiffer; e o “Cuidando da alma”, do psicólogo Rossandro Klinjey. Ao todo, são mais de 600 mil ouvintes mensais dos conteúdos. 

Mais lidas
Últimas notícias