Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Perdeu documentos? Correios têm 94 mil deles guardados nas agências

Serviço de Achados e Perdidos pode ser consultado pela internet. Apenas em Brasília, há mais de mil deles à espera dos titulares

atualizado 05/01/2022 18:28

A nota enviada afirma que a proposta de acordo apresentada almeja suspender benefícios incompatíveis com a situação econômica da instituição e do país.Vinícius Santa Rosa/Metrópoles

Um serviço criado há mais de 30 anos pelos Correios mantém uma espécie de Achados e Perdidos de documentos extraviados de cidadãos residentes em várias cidades brasileiras.

Segundo a empresa pública, desde 2020, mais de 94 mil documentos perdidos foram recolhidos e levados para as agências espalhadas pelo país. Para se ter ideia, em anos anteriores, quando não havia isolamento social, a média era superior a 170 mil.

0

Apenas em Brasília existem 1.470 documentos aguardando a sua retirada durante o prazo de 60 dias corridos, contados a partir da data de recebimento do documento na unidade. Após o término do prazo, os documentos são devolvidos aos órgãos emissores.

Os documentos encontrados podem ser entregues em qualquer unidade dos Correios ou em caixas de coleta de correspondências localizadas em todo o país.

Com privatização sob risco, TCU indica melhoria em índice dos Correios

Consulta na internet

Antes de ir pessoalmente nas agências, o cidadão pode consultar, no site dos Correios, se o documento foi  realmente encontrado e em qual agência está disponível para a retirada. Para a liberação, o interessado deve apresentar outro documento que comprove sua titularidade e pagar o valor de R$ 5,95 pelo serviço.

Encontre o seu documento aqui.

No caso do documento perdido estar em uma cidade diferente da qual o proprietário se encontra, é possível fazer uma solicitação para que o mesmo seja enviado à agência mais próxima.

 

Mais lidas
Últimas notícias