Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

GDF espera vacinar pessoas com comorbidades a partir da próxima semana

Secretaria de Saúde aguarda confirmação do recebimento de 5 mil doses da Pfizer a partir de segunda-feira (3/5) para iniciar agendamentos

atualizado 29/04/2021 17:31

Vacinação contra a Covid-19Rafaela Felicciano/Metrópoles

O secretário chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, anunciou nesta quinta-feira (29/4) que o Governo do Distrito Federal (GDF) deve iniciar a vacinação contra a Covid-19 de pessoas diagnosticadas com comorbidades a partir da próxima semana. A declaração ocorreu durante coletiva de imprensa realizada no Palácio do Buriti.

De acordo com ele, a decisão é do governador Ibaneis Rocha (MDB) após a expectativa do recebimento de pelo menos 5 mil doses da Pfizer na próxima segunda-feira (3/5), o primeiro lote do laboratório. Nessa primeira etapa, a imunização será feita por meio de agendamento pelo site da Secretaria de Saúde.

“Nós só confirmamos o início da vacinação quando há a confirmação da chega das doses em Brasília. Mas há a previsão da chegada, mas ainda esperamos a confirmação”, disse.

“Temos duas particularidades, que são as pessoas já atendidas no SUS e as pessoas com acompanhamento nas clínicas particulares”, reforçou o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, também presente no evento.

Agendamento

Também na coletiva, a subsecretária de Planejamento em Saúde, Christiane Braga Martins de Brito, explicou que vai haver um agendamento para quem tem doenças preexistentes.

“Nós criamos um sistema que faz um encaminhamento para as unidades para realizar um atendimento com conforto para as unidades previstas. Todas as pessoas terão de fazer um pré-cadastro para que seja identificado o tipo de comorbidade. Já temos todo o cadastro com CID das pessoas que tiveram passagem pelo sistema da Secretaria de Saúde. Esse cadastro já foi identificado e o banco de dados atualizado está na SES. O que precisamos é o outro cadastro daqueles que não usam o SUS”, disse.

As pessoas que tiverem dificuldades em fazer o agendamento on-line poderão fazer o procedimento nas unidades básicas de saúde.

Na fase da 1, de acordo com Christiane Braga, serão vacinadas pessoas de 18 a 59 anos com Síndrome de Down, doença renal crônica e gestantes com doença preexistentes. Também entram no primeiro grupo pessoas com cormorbidades de 55 a 59 anos e aquelas com deficiência permanente cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC), também com idades que variam de 55 a 59 anos.

A ideia é iniciar a vacinação nos dias 4 e 5 de maio.

Veja as comorbidades que serão consideradas na vacinação contra a Covid-19:

Pneumopatias crônicas graves

Hipertensão arterial resistente

Hipertensão arterial estágio 3

Hipertensão arterial estágio 1 e 2

Insuficiência cardíaca

Hipertensão pulmonar

Cardiopatia hipertensiva

Síndrome coronarianas

Valvopatias

Miocardiopatias

Doenças da Aorta

Arritmias cardíacas

Cardiopatia congênita

Próteses valvares

Doença cerebrovascular

Doença renal crônica

Imunossuprimidos

Anemia falciforme

Obesidade mórbida

Síndrome de Down

Cirrose hepática

 

 

 

Últimas notícias