Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Covid: deputado do DF apresenta piora e recebe suporte respiratório

Distrital esperava receber alta na próxima segunda (2/8), mas equipe médica descartou liberação após novos exames dos pulmões

atualizado 01/08/2021 18:19

Guarda JanioDivulgação / CLDF

O deputado distrital Guarda Janio (Pros) apresentou, neste domingo (1º/8), uma piora no quadro clínico decorrente da infecção por Covid-19 e precisou recorrer a um suporte respiratório.

Após uma melhora considerável no estado de saúde, o parlamentar tinha a previsão de receber alta do Hospital DF Star na próxima segunda-feira (2/8), mas a liberação foi descartada pela equipe médica.

De acordo com o boletim médico, o paciente apresenta “progressão do acometimento pulmonar pela Covid, estando em torno de 60% e aumento de parâmetros inflamatórios, sem sinais de infecção bacteriana secundária”.

Ainda de acordo com o relatório, “foi colocado um cateter nasal de alto fluxo com boa adaptação”. A fim de combater a inflamação, foi administrada a medicação tocilizumabe, que também auxiliará no quadro respiratório.

Internação

Guarda Janio está internado com Covid-19 desde a última quinta-feira (29/7). No boletim de sábado (31/7), os médicos indicaram melhoras no quadro clínico do parlamentar.

De acordo com a equipe médica, a capacidade respiratória do parlamentar havia evoluído e, conforme os exames daquele momento, o comprometimento dos pulmões havia caído de 50% para 20%.

O distrital apresentou sinais gripais na última terça-feira (27) e foi hospitalizado após agravamento dois sintomas. Janio procurou atendimento no Hospital São Francisco, em Ceilândia, uma das únicas unidades de saúde privada que aceitam o plano de saúde dos policiais militares.

A transferência se deu pelo fato de a Câmara Legislativa (CLDF) ter convênio com a nova unidade hospitalar.

Mandato

Guarda Janio assumiu a cadeira de distrital na Câmara Legislativa após o deputado Fernando Fernandes (Pros) voltar a comandar a Administração Regional de Ceilândia.

A mudança vinha sendo ventilada nos corredores da CLDF há dias, mas o martelo foi batido após reunião realizada com o governador Ibaneis Rocha (MDB), em 10 de junho último.

A suplente por direito de Fernando Fernandes seria a ex-deputada e atual administradora de Arniqueiras, Telma Rufino (Pros). No entanto, ela decidiu ficar à frente da administração, abrindo espaço para Guarda Janio assumir o mandato.

Últimas notícias