Os bastidores das notícias, e os principais personagens, que movimentam a política do Distrito Federal

Comissão da Câmara aprova criação do Dia do Trabalhador da Cultura

Data deve ser comemorada em 4 de maio, dia da morte do compositor Aldir Blanc e do ator e comediante Paulo Gustavo, vítimas da Covid-19

atualizado 18/05/2022 19:23

paulo gustavoReprodução/YouTube

A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (18/5), projeto de lei que cria o Dia Nacional de Luta dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Cultura. O PL está em tramitação conclusiva e segue para a aprovação final da Comissão de Constituição e Justiça.

De acordo com o texto, a data deve ser celebrada, anualmente, em 4 de maio, dia da morte do compositor e artista Aldir Blanc, do ator e comediante Paulo Gustavo, ambos vítimas da Covid-19.

Além disso, o texto da proposta lembra que o ator Flávio Migliaccio, que tirou a própria vida também em 4 de maio, durante a pandemia do novo coronavírus.

A proposta também sugere aos poderes públicos do país a realização de atividades em parceria com trabalhadores do setor, além de promover discussões sobre demandas importantes para construir políticas para a reconstrução do segmento após dois anos de pandemia.

“Estou muito emocionada com a aprovação deste PL na Comissão de Cultura da Câmara Federal ainda no mês de maio, um mês de recordações e reflexões sobre a morte desses artistas brasileiros que são símbolo de resistência cultural e que inclusive dois deles dão nome a duas importantes leis para os trabalhadores da cultura”, disse a deputada Sâmia Bomfim (PSol-SP), autora da matéria.

“É nossa obrigação reforçar junto à população a importância da cultura, pois é um setor que gera emprego, renda a milhares de pessoas em todo Brasil. Cultura não é só arte. Cultura é tudo”, emendou.

Mais lidas
Últimas notícias