com Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Você conhece os estilos que estiveram em alta ao longo de 2020?

Indie, streetwear, alt, boho e retrô ficaram no topo entre as pesquisas relacionadas à moda no Google. Veja o que ainda pode bombar em 2021

atualizado 17/01/2021 13:08

Grupo com estilo vintage no street styleEdward Berthelot/Getty Images

Você sabia que é possível descobrir o que as pessoas mais procuram na internet periodicamente? No relatório Year in Search, o Google mostra quais foram as pesquisas mais populares ao longo do ano que se passou. A moda é um dos segmentos analisados anualmente pela ferramenta. Quando o assunto é estilo, segundo a plataforma, ao longo de 2020, nos Estados Unidos, algumas tendências consideradas mais excêntricas dividiram espaço com o retorno de visuais vintage.

Além de ser um ótimo termômetro para saber o que pode bombar em 2021, a lista nos dá uma noção de como a percepção do público tem sido em relação ao que é apresentado pelas marcas. No quesito fashion styles, as buscas incluíram os estilos indie, streetwear, alternativo, urbano, skater, anos 1980, boho, e-girl, Y2K, e retrô. Vem saber mais sobre cada um!

Giphy/Google/Reprodução

Indie

O estilo mais pesquisado foi o indie. Por ser um movimento ligado à música, ele já esteve muito atrelado a peças como camisas de bandas de rock. Ao longo dos anos, passou por reinvenções. No entanto, apesar de ser muito abrangente, o indie style tem a ver com sair da mesmice, ou seja, nadar contra a corrente (ou, mais especificamente, as famosas tendências da massa).

A ideia é misturar diferentes estéticas. Atualmente, o indie envolve estampas, cores vibrantes, sobreposições e mix de acessórios. Nas redes sociais, a alta saturação incrementa os posts de quem adere ao estilo.

Estilo indie
O estilo indie foi o mais procurado no Google em 2020

 

Indie no street style
Consiste em mesclar diferentes estéticas

 

Indie no street style
Estampas e cores vibrantes fazem parte

 

Indie no street style
Não há regras para a moda indie

 

Indie no street style
O indie faz sucesso no TikTok

Streetwear, urbano e skater

As pesquisas também incluíram streetwear e estilo urbano. Popularizada nos anos 1990, a estética é inspirada por movimentos artísticos que vêm das ruas, como o rap e o hip-hop. Modelagens amplas, hoodies e adereços despojados estão entre as opções.

Outra busca que entrou no top do Google foi o skater girl style. Com uma vertente também urbana, o estilo envolve peças casuais e descoladas. É claro que os itens esportivos não podem faltar.

Justine Skye e Bella Hadid com peças streetwear
O streetwear ficou em segundo lugar entre os termos mais buscados na categoria de fashion styles

 

Pessoa com estilo urbano
Em quarto, apareceu o urban style

 

Street style
Peças esportivas permeiam a estética urbana e street

 

Desfile Fendi com moletom
O streetwear conquistou o mercado de luxo nos últimos anos

 

Street style
Mix da pegada sporty com a alfaiataria

 

Garota carregando skate
O estilo de skatista para garotas (skater girl style) ficou em quinto no ranking

Alternativo

O alt style, conhecido como alternativo no Brasil, atualmente, tem uma vibe mais carregada. O estilo é uma verdadeira mistura entre o punk e a pegada sensual. Jaquetas de couro, coturnos e correntes se misturam com decotes, comprimentos curtos e meias-arrastão. O preto é o grande highlight. Padronagens em xadrez também compõem os looks.

Alt style
O alt style apareceu na lista

 

Alt style
O estilo, conhecido como alternativo por aqui, mistura referências do punk com a sensualidade evidente

 

Alt style
All black!

 

Alt style
O xadrez também faz parte

 

Alt style
Para incrementar, maquiagem pesada

 

Boho

Já bastante difundido no mundo da moda, o boho style também deu as caras. Com influências boêmias e hippies, o estilo, que também remete aos anos 1970, tem um ar “despreocupado” e delicado, ao mesmo tempo.

Calças flare, vestidos fluidos, estampas floridas, amarrações, botas, quimonos e mangas soltas estão entre as apostas. Uma vertente parecida, que esteve em alta nos últimos meses, é a do cottagecore. A estética “camponesa” vem do imaginário bucólico.

Boho na passarela da Celine
O boho style surgiu na sétima posição

 

Boho no street style
As influências boêmias e hippies fazem parte do estilo

 

Boho no street style
Chapéus e botas sempre aparecem nas composições

 

 

Mulheres posando com o estilo cottagecore
O cottagecore também está em alta

 

Lenço na cabeça na passarela da Dior
A vibe remete à vida no campo

E-girl

Famoso no TikTok, o e-girl style também fez sucesso em 2020. O visual também é conhecido como uma espécie de atualização do emo, que bombou nos anos 2000. As girls carregam referências sobretudo do gótico, de animes e do universo nerd, além dos jogos eletrônicos.

Meias longas, saias rodadas e camisetas básicas formam as combinações fashion em meio à estética. Na maquiagem, o delineado, que garante a pitada “sombria”, faz toda diferença.

@fr3ckle5

the audio 💀😭 #fyp#egirl#aesthetic#style#challenge#makeup

♬ Catty girl – Ahri / Apollo

@ninacoin

Trying different aesthetics to find my style 😊 #differentaesthetics #aesthetic #egirl #makeup #outfit #egirlvibe #fyp #foryou Don’t let it flop pls🥺

♬ Ashes – Stellar

@leticiafgomes

Minha roupas viraram uma e-girl 🤷🏻♀️😂 #stopmotionstyle #egirl #foryou

♬ Wanna Be – Why Mona

@_shiroko__

Part 3 of me trying not to pose #fotogen #TackleDeinenHunger #takethefirststep #fotogen #egirl #anime #gamergirl #weeb #fy #fyp #foryou

♬ Wrap Me In Plastic (Slowed Down Version) – CHROMANCE & Marcus Layton

 

Y2K (Year 2 Thousand)

Entre os termos mais buscados em 2020, também está o “Y2K style“. Nunca ouviu falar? Tudo bem, mas provavelmente você sabe do que se trata. Nada mais é do que o reaparecimento de estéticas que fizeram sucesso no início dos anos 2000.

Na época, celebridades como Paris Hilton, Lindsay Lohan e Britney Spears ditavam o que seria hit. Para quem quer aderir ao estilo, vale investir em opções como peças de cintura baixa, microtops, boinas, looks inteiramente em jeans e tracksuits.

Trecho de Meninas Malvadas
O figurino de Meninas Malvadas é um clássico dos anos 2000

 

Paris Hilton e Lindsay Lohan
O Y2K style faz sucesso atualmente. Ficou em segundo no lugar nas buscas

 

Montagem cintura baixa
Que tal?

 

Montagem cintura baixa
Lindsay Lohan é um ícone para a geração fashion do período

 

Tracksuits
Jennifer Lopez, Beyoncé, Britney Spears e Lindsay Lohan, adeptas ao tracksuit no começo dos anos 2000
Retrô

O retro style também esteve entre os mais pesquisados no Google ao longo do ano passado. Mais amplo que o dos anos 1980, que também apareceu nas buscas, o retrô engloba trends de diferentes décadas. O vintage tem tudo a ver com a geração Z, que tem apostado cada vez mais em compras de segunda mão e em hábitos conscientes de consumo.

modelo com TV antiga
O retrô pode incluir peças novas que imitem uma estética antiga

 

Influencer com colete
Hits de diferentes décadas compõem o visual

 

Exposição Coco Chanel
Modelagens clássicas também são apostas

 

Espaço de brechó
As novas gerações têm investido em peças de segunda mão, que têm tudo a ver com as estéticas vintage e retrô

 

Google Trends

Com base em trilhões de consultas, o relatório Year in Search, do Google, apresenta temas, pessoas, eventos e lugares que tiveram o maior pico de tráfego em um período sustentado de tempo. A versão de 2020 está disponível on-line.

Globalmente, as personalidades mais pesquisadas foram Joe Biden, Kim Jong-Un, Boris Johnson, Kamala Harris e Tom Hanks. No Brasil, as principais buscas do ano, em geral, foram: coronavírus; auxílio emergencial; eleições 2020; eleições EUA; e BBB 2020.

No Estados Unidos, além dos estilos já apresentados, as investigações virtuais de moda tiveram os outfits de Noah Cyrus como os mais procurados. As buscas também evidenciaram os nomes de Maria Taylor, Lil Nas X, Billie Eilish, Lizzo, Jennifer Lopez, Travis Scott, Melania Trump, Harry Styles e Shakira. Os searches envolvem visuais escolhidos para situações específicas, como premiações e eventos, e também pesquisas gerais.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

Últimas notícias