Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Saiba detalhes sobre a primeira coleção de Kim Jones para a Fendi

O trabalho de estreia do estilista como diretor artístico da linha feminina da grife será revelado no fim de janeiro de 2021

atualizado 16/12/2020 16:09

Kim JonesPascal Le Segretain/Getty Images

Os amantes de moda ganharam um motivo (antecipado) para comemorar: faltam apenas algumas semanas para o estilista britânico Kim Jones revelar seu primeiro trabalho para a Fendi. O designer assumiu a direção artística da linha feminina e de alta-costura da marca em setembro. Ele estreará no cargo com uma coleção de haute couture no dia 27 de janeiro, em Paris. A princípio, seu primeiro compilado de peças para a label seria o de outono/inverno 2021 prêt-à-porter, previsto para fevereiro. Pelo visto, porém, a marca resolveu adiantar os planos. Jones, vale lembrar, também é diretor criativo da linha masculina da francesa Dior.

Vem comigo!

Giphy/Fendi/Reprodução

Detalhes sobre a estreia de Kim Jones

Até agora, sabe-se que a coleção será apresentada no Palais Brongniart – edifício que serviu como bolsa de valores de Paris no passado –, conforme a marca revelou em um post do Instagram. A imagem da publicação, fotografada por Paolo Roversi, exibe as modelos Adwoa Aboah e Thatcher Thornton. Não há muitos detalhes divulgados, ainda, sobre a presença de convidados, nem sobre o formato da apresentação (se será um desfile digital ou não, por exemplo). É importante lembrar que, atualmente, a Europa está enfrentando uma segunda onda de casos da Covid-19.

Antes de Kim Jones assumir o cargo, Silvia Venturini Fendi estava desenvolvendo as coleções femininas desde a morte de Karl Lagerfeld. O estilista alemão foi diretor criativo da label de 1965 até fevereiro de 2019, quando faleceu. Silvia, por sua vez, é neta dos fundadores da marca, além de diretora artística de acessórios e da linha masculina. Ela também estará envolvida na nova coleção de alta-costura, assim como sua filha, Delfina Delettrez Fendi, diretora criativa de joalheria.

A estreia na Fendi será acompanhada de outros debutes na carreira de Jones. Esta será a primeira vez que ele apresentará uma coleção feminina e, também, de alta-costura. Além disso, será a estreia da Fendi com uma coleção de couture para o verão. Tradicionalmente, a maison só participava dos desfiles de haute couture para o inverno, em julho. A label apresentou sua primeira coleção de alta-costura em 2015, no 50º aniversário de Lagerfeld como diretor criativo. Em 2020, a marca não integrou a programação de alta-costura.

Desfile de alta-costura na Fendi
A Fendi estará de volta à alta-costura em 27 de janeiro de 2021, depois de pular as semanas de haute couture deste ano. O que você não esperava é que esta será a coleção de estreia de Kim Jones para a grife

 

Fendi desfile de alta-costura
A coleção será o primeiro compilado feminino apresentado pelo designer britânico, novo diretor artístico de alta-costura, feminino e peças de pele da Fendi

 

Silvia Venturini Fendi e Karl Lagerfeld
Silvia Venturini Fendi, diretora artística de acessórios e da linha masculina, ocupava o cargo interinamente, desde a morte de Karl Lagerfeld. O alemão dirigiu a linha feminina de 1965 até sua morte, em fevereiro de 2019

 

Look de alta-costura da Fendi
Esta será a primeira coleção de primavera/verão couture da Fendi, que, até então, participava apenas da temporada de inverno

 

Desfile de alta-costura da Fendi
A Fendi participa da Semana de Alta-Costura de Paris desde 2015, apesar de não ter se apresentado em julho deste ano, quando ocorreram os desfiles digitais de inverno

 

Palais Brongniart
A nova coleção será apresentada no Palais Brogniart, edifício que abrigou a bolsa de valores de Paris no passado

 

Histórico de Kim Jones no grupo LVMH

Kim Jones é, desde 2018, diretor criativo da linha masculina da Dior, grife que pertence ao grupo LVMH. Suas coleções são sempre celebradas e marcadas por parcerias artísticas, incluindo nomes como Daniel Arsham, Kaws e Amoako Boafo. Há alguns meses, ele lançou uma edição limitada do tênis Air Jordan 1, um dos sneakers mais aguardados do ano. Recentemente, o designer apresentou, digitalmente, o pre-fall 2021 da Dior Men, com colaboração de Kenny Scharf.

Na Louis Vuitton, label na qual ele também cuidou da linha masculina entre 2011 e o início de 2018, foi o responsável pela aclamada parceria entre a grife e a marca de streetwear nova-iorquina Supreme. Com a collab, lançada em 2017, contribuiu para o fenômeno deste estilo em uma versão de luxo, que dominou a moda há algumas temporadas.

Kim Jones é o novo estilista da Fendi
A Fendi não é a primeira marca do grupo LVMH a compor o currículo de Kim Jones

 

Mala da Louis Vuitton x Supreme
Ele foi diretor criativo da linha masculina da Louis Vuitton entre 2011 e o início de 2018. Em 2017, fez a celebrada colaboração com a Supreme

 

Desfile da Dior Homme
Desde 2018, Jones trabalha como diretor criativo na linha masculina da Dior

 

Desfile Dior Homme
Suas coleções para a Dior Homme são marcadas pelas collabs, especialmente com artistas

 

Coleção Dior x Nike
A coleção recente com a Air Jordan deu o que falar e rendeu um dos tênis mais cobiçados do ano, uma versão limitada do Air Jordan 1

 

Fendi na alta-costura

A última coleção de alta-costura da Fendi, The Dawn of Romanity, foi apresentada em julho de 2019, com 54 looks, em tributo a Karl Lagerfeld. Cada visual representou um ano do kaiser alemão como diretor criativo da casa. Em vez de escolher Paris como endereço, a maison optou pela capital da Itália, onde fica a sede da marca. O show foi apresentado no Templo de Vênus e Roma, local que recebeu 2,5 milhões de euros de doação da grife italiana para sua restauração.


Colaborou Hebert Madeira

Últimas notícias