com Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Q.U.A.D.R.A encerra atividades no espaço físico para nova fase em 2021

Ao fechar as portas da loja em Brasília, a multimarcas se direciona a novos projetos

atualizado 06/03/2021 14:31

Patricia VazQ.U.A.D.R.A Concept Store/Divulgação

Parada obrigatória entre os fashionistas em Brasília, a Q.U.A.D.R.A Concept Store cresceu e construiu seu legado ao longo dos últimos cinco anos. Situada no bairro Lago Sul, a store entregou uma temporada de curadoria minuciosa, com novidades e experiências em torno de temas como moda, design e arte. Para 2021, a multimarcas preparou grandes mudanças, começando pelo fechamento das portas do endereço físico, para seguir novos ares.

Vem saber mais!

Giphy/Reprodução

2020 não foi um ano fácil para a indústria da moda. No decorrer dos meses, a Q.U.A.D.R.A decidiu utilizar o tempo para repensar e recomeçar. A pausa fez Patricia Vaz, fundadora da label, se questionar: como seguir em frente, diante do mundo que estamos vivendo hoje, com tantas mudanças, tantas incertezas?

“Tivemos que nos reinventar várias vezes, dar as mãos aos nossos clientes tantas outras. Ao fim desse ano difícil, analisar, repensar e imergir em um mundo de possibilidades foi inevitável”, responde a empresária, em entrevista para a coluna.

Patrícia Vaz
Patricia Vaz, nome por trás da label, conversou com a coluna sobre os novos passos

 

loja quadra
A Q.U.A.D.R.A está encerrando as operações no espaço físico

 

Patrícia Justino Vaz
Agora, a grife mira em levar experiências multissensoriais aos ambientes virtuais e físicos

 

Loja Quadra
Lançamento das coleções de verão da Q.U.A.D.R.A.

 

Patricia Justino Vaz
A marca é reconhecida na capital federal pela curadoria

 

Coleção Upcyling is the Future - Ezio Evy
Experiências, cursos e design embasam os pilares da empresa

Ao anunciar a nova fase, a marca deixa claro que o encerramento da operação física não é um ponto-final, mas, sim, um novo capítulo na história. Experiências, cursos e vivências que embasaram a essência da store irão guiar esse rumo a ser desbravado – acompanhado por vendas itinerantes, imersões de arte e muito conteúdo.

“Hoje, com essa mudança, passamos de um ponto físico de venda a uma experiência mais onipresente, na qual vamos seguir investindo em curadoria e conteúdo, mas de uma outra forma. Sempre com o olhar nos pilares que tanto amamos e sempre permearam a jornada da Q.U.A.D.R.A, a partir de agora o nosso foco será oferecer experiências”, ressalta.

Pesquisas sobre o futuro do consumo passaram a fazer parte da rotina da empresária alagoana. Este novo passo para a marca é dado após muita análise e conversas com as clientes e amigas da Q.U.A.D.R.A.

“A primeira questão foi se o nosso modelo de negócio ainda fazia sentido. Então, observando o comportamentos das minhas clientes, o que elas estavam buscando e engajando, e com uma profunda pesquisa de imersão sobre os rumos do consumo no futuro, resolvi mudar o formato”, conta.

O renascimento segue a missão da grife, reconhecida por olhar sempre à frente. Agora, os projetos multissensoriais da empresa irão seguir nos ambientes digital e físico. Para ficar por dentro das ações que estão por vir, basta acompanhar as redes sociais da Q.U.A.D.R.A e entrar nessa comunidade.

Colaborou Sabrina Pessoa

Últimas notícias