Com Rebeca Ligabue, Sabrina Pessoa, Marcella Freitas, Carina Benedetti e Luiz Maza

MFD: propriedade industrial e moda digital encerram rodas de conversa

O debate sobre o uso da comunicação também fez parte dos últimos bate-papos da programação do Metrópoles Fashion & Design, no Museu Nacional

atualizado 11/10/2022 16:49

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design Arthur Menescal/Especial Metrópoles

A importância da comunicação na moda, propriedade industrial, metaverso e NFTs foram os assuntos abordados nas últimas rodas de conversa do Metrópoles Fashion & Design. Durante o segundo dia de evento, discussões relevantes a respeito do universo e da indústria fashion atraíram as atenções do público no Museu Nacional da República

Vem saber mais! 

Giphy/Arthur Menescal/Especial Metrópoles

Moda é comunicação

“Comunicação na moda não é apenas vender peças”: foi a partir de falas como essa que Chris Corcino mediou o bate-papo com Bárbara Cardelino e Carolina Vianna nessa quinta-feira (6/10). As duas jovens viraram referências na capital quando o assunto é posicionar marcas no mercado digital. 

Saber se adaptar aos avanços tecnológicos e comportamentais foi uma das principais dicas propostas pelas participantes da roda. Fundadora da Jabot Agency, Carolina Vianna comentou a respeito da relevância em estabelecer um vínculo com os clientes. “Fiz uma compra há um tempo atrás fora do país. Anos depois, o vendedor me enviou uma carta perguntando sobre mim. Isso é uma relação incrível que se estabelece entre você e o consumidor”, relembrou. 

No talk, a consultora de imagem Barbara Cardelino ressaltou as diferenças entre manter uma comunicação off-line e on-line. “É importante deixar evidente e fácil para o cliente as informações a respeito das peças no Instagram, mas não tem como abrir mão do off, de um bom atendimento presencial, de um contato direto e pessoal com o público”, alertou. 

As informações e dicas compartilhadas pelas profissionais foram ouvidas atentamente pelo público que acompanhou a roda de conversa. As dúvidas foram esclarecidas de forma interativa e dinâmica.

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
A importância da comunicação na moda fez parte da programação do Metrópoles Fashion & Design

 

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
Barbara Cardelino, consultora de imagem, foi uma das convidadas

 

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
A mediação ficou a cargo de Chris Corcino

 

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
A segunda convidada foi Carolina Vianna, idealizadora da Jabot Agency

Registrar é necessário

A programação das rodas de conversa se encerrou com dois assuntos pertinentes para o universo da moda. Gabriel Girão, advogado e professor de moda, foi o convidado especial para debater a respeito de registro dos produtos, metaverso e NFTs

A conversa foi mediada por Rafaella Lacerda, professora de moda do Centro Universitário Iesb e curadora das rodas de conversa do #MFD Festival. Os dois discorreram sobre temas como as diferenças entre registro de marca e patente; segurança na hora de se fazer uma parceria e sobre como o plágio se encaixa na moda. “Estar consciente do processos legais que envolvem a indústria fashion é estar seguro para futuros problemas”, recomendou Girão. 

O especialista explicou com detalhes os processos necessários para se registrar um produto, nome e marca em terras brasileiras, além de evidenciar os pontos divergentes de outros lugares do mundo. Por fim, o metaverso e NFTs dominaram o salão do Museu Nacional da República.

De maneira simples e dinâmica, Girão e Lacerda explicaram que os temas fazem parte da realidade atual e não de algo do furuto. “Antes, quando se pensava em metaverso, era logo associado a grifes e marcas de luxo. Hoje, esse cenário já é totalmente diferente, com a Renner, por exemplo, inovando do âmbito da varejista”, destacou Girão.

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
A última roda de conversa foi focada no meio digital da moda e nos âmbitos legais

 

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
Gabriel Girão foi o responsável por discorrer sobre os temas

 

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
A mediadora foi a professora de moda Rafaella Lacerda

 

Na imagem com cor, roda de conversa do Metrópoles Fashion & Design
Girão faz parte da Comissão do Direito de Moda do Distrito Federal

#MFD Festival

O Metrópoles Fashion & Design é uma iniciativa do portal Metrópoles com a colunista Ilca Maria Estevão. A primeira edição do evento ocorreu em 5 e 6 de outubro, no Museu Nacional da República, em Brasília.

A fim de valorizar o talento criativo local, o movimento ofereceu um espaço de vendas no estilo de loja pop-up. No #MFD Festival, estilistas e designers contaram a própria história e planos para o futuro.

Paralelamente, o movimento proporcionou, durante os dois dias de evento, premiações, rodas de conversa abertas ao público, experiências musicais com apresentações, bandas e DJs. Comida descontraída e drinks diversos também fizeram parte dessa imersão coletiva no universo da moda e da criação.

Produção: Limonada Project e Metrópoles
Identidade visual: Jean Matos
Patrocínio: Centro Universitário Iesb

Serviço
Metrópoles Fashion & Design
No Museu Nacional da República
Em 5 e 6 de outubro
Aberto ao público
Entrada gratuita

 

Colaborou Luiz Maza

Mais lidas
Últimas notícias