Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Sabrina Pessoa, Marcella Freitas e Carina Benedetti

Lady Di: confira seis marcas de moda que conquistaram a princesa

Diana se tornou um fenômeno mundial e grande referência na moda. Seu closet era recheado de marcas clássicas, de Levi's a Versace

atualizado 18/06/2021 15:48

Princesa Diana em carroDavid Levenson/Getty Images

Clássica e atemporal, Lady Di (1961-1997) tornou-se um ícone de estilo. Ao longo de sua vida, a princesa de Gales quebrou diversos tabus ao se emancipar e se posicionar por meio da moda. Por conta da série The Crown, que abordou a história de Diana a partir da quarta temporada, seu estilo voltou a ser assunto no universo fashion. Algumas etiquetas marcaram presença, em peso, no guarda-roupa da integrante da realeza. Entre as marcas que conquistaram a mãe de William e Harry, a coluna destaca Catherine Walker, Dior, Levi’s, Versace, Warm & Wonderful Knitwear, e Ferragamo.

Giphy/Reprodução
Catherine Walker

Os looks usados por Lady Di fizeram história. A eterna Princesa do Povo segue sendo referência máxima de estilo, dos casuais aos disputados eventos reais. Nas noites de gala, Lady Di costumava atrair os holofotes. Entre os icônicos vestidos, os da Catherine Walker chamavam atenção.

Há boatos de que a princesa Diana possuía mais de mil vestidos com assinatura da estilista francesa. “A princesa aprendeu a fazer seu guarda-roupa dizer o que ela não poderia e trabalhou em estreita colaboração com estilistas como Catherine Walker para cuidar de sua personalidade por meio das roupas”, afirmou a diretora de moda da revista Tatler, Sophie Goodwin, em entrevista ao jornal The New York Times.

Lady Di com vestido vermelho
Com corte social, Diana elencou um modelito listrado da Catherine Walker para um de seus compromissos reais

 

Lady Di com vestido vermelho
Com modelagem de um ombro só, a princesa marcou presença com vestido estampado para jantar na Embaixada Britânica, em Paris, na França

 

Lady Di com vestido preto e blazer branco
Já em Tóquio, ela apareceu com ombreiras pomposas combinadas com saia plissada

 

Lady Di com vestido de gala
Com fenda, o icônico vestido com lantejoulas verde-mar chegou a ser leiloado, após sua morte
Dior

Entre os looks lendários, a grife de luxo Dior também marcou forte presença nas produções de Diana. Começando pela clássica bolsa batizada de Lady Dior, em homenagem à princesa. Em 1995, Diana ganhou a it bag de presente e foi flagrada em várias ocasiões com o acessório. A label o descreve como símbolo de elegância e refinamento.

No ano seguinte, poucas semanas antes do divórcio com príncipe Charles, a monarca concretizou sua primeira e única aparição no baile anual Met Gala. Para o evento beneficente, a princesa de Gales elencou um slip dress azul escuro com detalhes em renda preta, fruto da primeira coleção de John Galliano na Dior. “Foi um reflexo de como ela já estava se sentindo: livre”, afirmou o estilista à WSJ Magazine.

Lady Di com vestido Dior
Lady Di com sleep dress da Dior

 

Lady Di com bolsa Dior
A princesa eternizou a bolsa Lady Dior

 

Lady Di com vestido branco
É um clássico da maison

 

Lady Di com conjunto vermelho
A princesa foi flagrada inúmeras vezes com o acessório
Levi’s

Outra forte inspiração é seu estilo casual. Um dos looks marcantes, recriado pela Vogue Paris em editorial com Hailey Bieber, foi construído por calça jeans de cintura alta da Levi’s. Com a bainha por dentro de botas texanas, o visual foi arrematado por um blazer masculino, moletom com o logotipo da British Lung Foundation e um boné de beisebol.

Vale relembrar que Diana também usou a moda para se comunicar com o público, e para dar recados à imprensa e à família real. A fim de transmitir uma mensagem de praticidade e normalidade, ela optava pelo denim longe dos holofotes.

Lady Di com jeans
Em um clube britânico de polo, com o filho William, Diana apareceu de calça jeans, blazer e boné

 

Lady Di com jeans
De férias, combinou calça jeans com camisa no mesmo material

 

Lady Di com jeans
Amante do jeans, criava visuais elegantes
Versace

Os rígidos protocolos reais de vestimenta apontavam que o ideal era optar, apenas, por estilistas britânicos. Entretanto, Lady Di frequentemente foi flagrada com peças da italiana Versace. Em 1991, Diana estreitou laços e eternizou uma amizade com o estilista Gianni Versace e sua irmã, Donatella, atual diretora criativa da grife.

O afeto rendeu icônicas criações exclusivas nos anos 1990. Para cumprir a agenda real, a princesa exalava confiança nos vestidos e ternos da label. Seus vestidos já ganharam destaque em exposições.

Lady Di com roupas da Versace
Conjunto rosa da grife, combinado com chapéu do mesmo tom

 

Lady Di com bolsa da Versace
Bolsa de crocodilo da Versace complementava sua coleção de bolsas 

 

Lady Di com vestido da Versace
Um clássico tubinho branco foi escolhido para o show beneficente Children of Bosnia em Módena, na Itália

 

Vestido usado por Lady Di
Modelito usado para editorial na Harper’s Bazaar ganhou destaque em exposição no Palácio de Kensington, em Londres
Warm & Wonderful Knitwear

Em um período mais conservador, no início do casamento real, Lady Di era fã de cardigãs. Posteriormente, passou a usar moletons para as idas à academia como uma forma de “espantar” os paparazzi, já que apareceria com a mesma roupa.

Entre os mais vistos, o suéter de ovelhas da marca Warm & Wonderful Knitwear conquistou a fama em 1979. O modelito foi relançado pela marca norte-americana Rowing Blazers, na linha feminina da etiqueta.

Princesa Diana com suéter de ovelhas
Lady Di optou pelo cardigã em diversos looks

 

Princesa Diana com suéter de ovelhas
Com camisa social

 

Princesa Diana com suéter de ovelhas
Também usava a peça com calças jeans
Ferragamo

O ícone fashion mais admirável da família real da Inglaterra não escondia a sua paixão por bolsas. Outro design favorito da princesa tem assinatura da Ferragamo.

As bolsas com alças de corrente, adornadas pelo tradicional fecho em gancho Gancini, pareciam não sair dos ombros da princesa. A coleção era recheada por modelos em cores diversas, de tons pasteis ao preto.

Lady Di com bolsa Ferragamo
A princesa de Gales possuía uma vasta coleção de bolsas

 

Lady Di com bolsa Ferragamo
Entre as marcas que não abria mão estava a Ferragamo

 

Lady Di com bolsa Ferragamo
O modelo possui o clássico fecho Gancini

 

Lady Di com bolsa Ferragamo
Ela adorava os tons pasteis

 

O legado de estilo da princesa de Gales é símbolo de beleza, empoderamento e sofisticação. Sua imagem de moda, incluindo os modelitos e acessórios usados em seus últimos anos de vida, repercute até os dias atuais, graças a peças clássicas e cheias de significado.

 

Colaborou Sabrina Pessoa

Mais lidas
Últimas notícias