Com Rebeca Ligabue, Sabrina Pessoa, Marcella Freitas, Carina Benedetti e Luiz Maza

Gucci Vault: grife lança plataforma digital com venda de peças vintage

Objetos de decoração também têm sido restaurados pela grife e serão comercializados de forma periódica, para contarem uma nova história

atualizado 02/01/2023 21:09

Modelos com pelas vintage da Gucci Gucci/Divulgação

Fora do calendário oficial da Semana de Moda de Milão, que aconteceu entre os dias 21 e 27 de setembro, a Gucci aproveitou a fashion week italiana para lançar seu mais recente projeto. Batizada de Vault, a iniciativa da grife conquista território no ambiente on-line com uma loja de peças vintage restauradas, espaço para designers emergentes e editoriais.

Vem saber mais!

Giphy/Gucci/Divulgação

“Uma máquina do tempo, um arquivo, uma biblioteca, um laboratório e um ponto de encontro”, assim descreveu a Gucci sobre a nova empreitada, desenvolvida a partir da visão experimental do diretor criativo da casa, Alessandro Michele. O estilista também assina a curadoria de acessórios, objetos e peças de vestuário que recheiam o espaço.

As peças que abastecem o portfólio do e-commerce são expostas ao lado de criações de designers emergentes. O espaço funciona, ainda, como um laboratório criativo para novos talentos, que poderão colaborar futuramente por meio de um formato editorial poético.

Modelo com peças da Gucci Vault
Apesar de não ter desfilado em Milão, a Gucci conseguiu destaque na temporada

 

Modelo com peças da Gucci Vault
E anunciou o lançamento da Gucci Vault

 

Modelo com peças da Gucci Vault
Trata-se de uma e-concept store 

 

Modelo com peças da Gucci Vault
Com peças icônicas vintage da casa restauradas
Modelo com peças da Gucci Vault
Por lá, objetos de decoração da label serão comercializados

 

Modelo com peças da Gucci Vault
No site, uma vitrine de novos talentos ganha espaço

 

“Diversas narrativas tomam forma, ora partindo do passado, ora discorrendo sobre o futuro, e sempre arraigadas no contemporâneo”, afirmou Alessandro Michelle.

Em relação à periodicidade dos lançamentos, a casa de luxo detalha que os produtos serão adicionados ao site em intervalos regulares ao longo do ano. Entretanto, continuarão sendo comercializados em quantidades limitadas, proporcionando exclusividade aos consumidores e colecionadores.

Modelo com peças da Gucci Vault
A grife optou por não desfilar na semana de moda milanesa para seguir agenda própria e se apresentar em Los Angeles, no dia 3 de novembro

 

Fachada Gucci Vault
A curadoria da Vault recebe assinatura de Alessandro Michele, diretor criativo da grife

 

Fachada Gucci Vault
No último sábado (25/9), a marca de luxo organizou um evento para apresentar seu projeto

 

Fachada Gucci Vault
No espaço físico, a Gucci repaginou o edifício do século 19 Dazio di Ponente, localizado em Milão, na Itália

 

Fachada Gucci Vault
Por enquanto, o e-commerce está disponível na Europa, Estados Unidos e Japão

Em comunicado, Michele destacou que o projeto é uma espécie de laboratório experimental. “Criamos uma mina de ideias, estranhezas e encontros improváveis, considerando que a Gucci é uma plataforma para encontros de personagens que aparentemente nada têm em comum. Portanto, o Vault é o lugar onde maravilhas hibridizam-se e unem-se, dando vida a novas criações.”

Com lançamentos de periodicidades alternadas, a Gucci recomenda que os clientes assinem a newsletter do site para receber atualizações de produtos e demais novidades da plataforma. “Vault é uma história sem fim, contada por meio de uma coleção em constante mudança de peças exclusivas que foram lançadas em quantidades limitadas”, anunciou a plataforma.


Colaborou Sabrina Pessoa

Mais lidas
Últimas notícias