Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

Estilo band-aid: tons nudes e terrosos seguem em alta na moda

Após forte presença do bege na temporada de primavera/verão 2019, produções norteadas por variações de marrom se consagram em 2020

atualizado 16/03/2020 9:31

Kim e Kourtney Kardashian usando Balmain@kimkardashian/Instagram/Reprodução

De acordo com a Pantone, a cor de 2020 é o classic blue. Até o presente momento, porém, são os tons terrosos que têm comandado a moda. Depois da onda bege que inundou as passarelas de primavera/verão 2019, as demais variações do marrom chegaram à temporada de outono/inverno em movimentação que vem sendo chamada de band-aid style.

Vem comigo entender esta tendência!

O band-aid style é, basicamente, o hábito que as celebridades e fashionistas criaram de nortearem seus looks por variações de marrom. Consiste em algo como o contraste de tons que observamos entre o tradicional curativo nude e a pele.

Considerado inexpressivo até a temporada de primavera/verão 2019, o bege ganhou a chance de brilhar graças às texturas e formas trabalhadas nos desfiles de Max Mara, Fendi, Off-White, Burberry e Maison Margiela. À época, as etiquetas compensaram a sobriedade da tonalidade com silhuetas diferenciadas, estampas e acabamentos maximalistas.

Getty Images
A Off-White finalizou com uma pochete metalizada

 

Getty Images
A Maison Margiela misturou alfaiataria com tricô

 

Getty Images
Com pegada street, na Fendi

 

Getty Images
O bege acinzentado da Max Mara, na primavera/verão 2019

 

Getty Images
Combinação de marrom e bege, na Burberry

 

De início, as tonalidades claras dominaram as coleções, mas logo os estilistas começaram a investir em versões mais escuras, do ocre ao café, visto no outono/inverno 2020 da Balmain. Além da grife francesa, Gucci, Fendi, Max Mara, Dior e Bottega Veneta apostaram nos tons terrosos para esta temporada.

Olivier Rousteing, da Balmain, apostou no café para o outono/inverno 2020

 

Estilista brincou com texturas, para quebrar sobriedade da cor

 

Dois tons de marrom neste visual da label francesa

 

A Bottega Veneta também investiu no tom, mas em contraste com cores claras

 

Tonalidades variadas no outono/inverno 2020 da Fendi

 

A Dior usou transparência e outras cores

 

Grife ensinou a combinar estampas marrons

 

Casaco acolchoado no outono/inverno 2020 da Max Mara

 

O band-aid style da Moschino

 

A Gucci apresentou algumas peças em tule marrom

 

No desfile da Longchamp, no New York Fashion Week

 

Febre entre as celebridades

Fã da sensualidade, Kim Kardashian se apossou das roupas em tons de bege para marcar a silhueta. Depois, a estética foi incorporada por suas irmãs.

Kim Kardashian foi a primeira celebridade a abraçar o estilo

 

Empresária já usou vários looks direcionados por tons de bege

 

Magnata da beleza usou este vestido de látex no Met Gala 2020

 

O restante da família aprovou a estética

 

Kylie Jenner ao lado de sua filha, Stormi

 

As irmãs Hadid apostaram no nude para o red carpet do VMA, enquanto a cantora Ciara e o grupo The Pussycat Dolls levaram o bege aos palcos e clipes.

Após 10 anos de hiato, a girl band elegeu a tendência para o vídeo da canção React, que marcou o retorno do grupo.

Gigi e Bella Hadid no VMA 2019

 

Mais uma combinação nude de Bella Hadid

 

Show da Ciara no Dick Clark's New Year's Rockin' Eve
Ciara optou pelo conceito em apresentação no Dick Clark’s New Year’s Rockin’ Eve 2020

 

Nicole Scherzinger
Fã do band-aid style, Nicole Scherzinger levou a tendência ao clipe da música React, do grupo The Pussycat Dolls

 

 

Estrelas como Lupita Nyong’o, Gwyneth Paltrow, Cate Blanchett, Meghan Markle e Selena Gomez também aderiram à moda. Elas mostram que o band-aid style cabe em qualquer estilo.

Gwyneth Paltrow, de Fendi, no Globo de Ouro 2020

 

Meghan Markle na Canada House
Meghan na Canada House, em janeiro

 

Lupita Nyong'o no Critics Choice Awards 2020
Lupita Nyong’o no red carpet do Critics’ Choise Awards

 

Selena Gomez em Nova York
Selena Gomez passeando por Nova York

 

Cate Blanchett em Los Angeles
Cate Blanchett e seu macacão de couro, em Los Angeles

 

Tendência verificada

Entre as influenciadoras, as composições em tons terrosos também são um sucesso. Vistas nas ruas da Copenhague Fashion Week, em janeiro, as produções norteadas por variações de marrom seguiram para Nova York, Londres e Paris, onde se tornaram umas das tendências mais usadas no street style. Na capital francesa, por sua vez, as fashionistas mostraram a melhor forma de usar o artifício de estilo, apostando em texturas e modelagens mais largas.

Christian Vierig/Getty Images
Diferentemente das celebridades, que investem em peças justas, as fashionistas de Paris optaram por silhuetas mais amplas

 

Daniel Zuchnik/Getty Images
Tons terrosos são fáceis de combinar

 

Daniel Zuchnik/Getty Images
Texturas diversas nesta composição

 

Christian Vierig/Getty Images
Com acessórios pretos

 

Daniel Zuchnik/Getty Images
Mary Leest apostou em silhuetas diferenciadas

 

Acerte sua combinação

As variações de marrom e bege são diversas, mas não é preciso ter receio na hora de combiná-las. O único cuidado necessário aqui é não ficar apagada. Por serem sóbrios, os tons terrosos podem ser acompanhados de texturas ou acessórios chamativos.

 

Colaborou Danillo Costa

 

Últimas notícias