com Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

É fã de Gossip Girl? Confira esta coleção inspirada no estilo da série

A marca norte-americana Alice + Olivia by Stacey Bendet lançou peças que seriam facilmente usadas por Serena van der Woodsen e Blair Waldorf

atualizado 22/02/2021 16:29

Serena van der Woodsen e Blair Waldorf, de Gossip GirlJames Devaney/WireImage via Getty Images

Hello, Upper East Siders!” Se você ficou em êxtase com a notícia do reboot de Gossip Girl, anunciado no fim do ano passado, aqui vai mais uma novidade animadora. A marca norte-americana Alice + Olivia by Stacey Bendet lançou coleção inspirada no figurino icônico da série.

Vem saber tudo!

Giphy/Reprodução

As referências saíram diretamente do estilo de personagens, como Serena van der Woodsen, Blair Waldorf, Jenny Humphrey e Georgina Sparks. Para desenvolver as peças, a grife fez uma colaboração com o figurinista Eric Daman, que participou da produção original e também da nova trama, da HBO Max.

Os looks fazem parte do outono/inverno 2021, apresentado digitalmente pela Alice + Olivia by Stacey Bendet durante a última Semana de Moda de Nova York. O objetivo principal foi homenagear Nova York (Estados Unidos), cidade natal da etiqueta e também onde o enredo de Gossip Girl se passa.

O resultado é um compilado repleto de perfume dos anos 2000. As modelagens englobam minissaias, camisas com babados, vestidos com silhueta marcada, sobretudos e mangas bufantes. Entre os destaques, estão a famosa estampa xadrez, textura metalizada e sobreposições. XOXO!

 

 

 

 

Alice + Olivia by Stacey Bendet

Stacey Bendet lançou a Alice + Olivia em 2002. A CEO e diretora criativa da marca busca inspiração no vintage para “criar roupas que justapõem o caprichoso e sedutor com o sexy e sofisticado”. Ao longo da trajetória, a grife conquistou várias personalidades, como Meghan Markle, Michelle Obama, Beyoncé, Gwyneth Paltrow, Gigi Hadid e Jessica Alba.

Em 2020, a estilista foi cofundadora da Creatively, uma plataforma coletiva para ajudar profissionais emergentes nas indústrias criativas a se conectarem e encontrarem oportunidades de emprego. A norte-americana também usa o próprio negócio para apoiar organizações sociais.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

Últimas notícias