Por Ilca Maria Estevão, Rebeca Ligabue, Hebert Madeira e Sabrina Pessoa

C&A apresenta nova coleção-cápsula com saias e vestidos para homens

Impulsionada pelo debate sobre moda genderless, levantado devido ao estilo de Fiuk no BBB21, a varejista recebeu elogios e críticas na web

atualizado 31/03/2021 13:02

Campanha da C&AC&A/Divulgação

A coluna mostrou anteriormente que o estilo de Fiuk, participante do BBB21, tem acendido o debate sobre moda genderless. Mais uma prova disso é a nova coleção-cápsula da C&A. A varejista investiu em peças classificadas como genderless. A aposta gerou elogios e críticas nas redes sociais.

Vem ver!

Giphy/C&A/Reprodução

Ao desenvolver vestidos e saias para homens, a marca pretende “reforçar a premissa de promover a moda como canal de expressão e individualidade”. Ao todo, são quatro peças, com tons sóbrios, consideradas atemporais pela etiqueta.

A novidade partiu do lema “Muito eu. Muito o que eu quiser. O importante é se sentir bem”. Vale destacar que não é a primeira vez que a varejista lança produtos de moda sem gênero. A estreia foi em 2016, com a coleção Tudo Lindo & Misturado, assim como na collab com a LAB Fantasma, do rapper Emicida, e também por meio da linha Mindse7.

Campanha da C&A
A C&A se inspirou no estilo de Fiuk

 

Campanha da C&A
A varejista lançou nova coleção genderless

 

Campanha da C&A
A ideia é promover a liberdade fashion

 

Campanha da C&A
Além de tonalidades sóbrias, as peças têm cortes retos e shapes amplos

 

Entre os itens da nova coleção, estão cortes retos e modelagens amplas. “Acompanhando o mood do lançamento, a marca ainda investe numa cartela de cores minimalista, composta por cinza e preto, cores clássicas capazes de trazer ainda mais versatilidade e praticidade na composição dos looks“, apontou a C&A, em comunicado.

Nas redes sociais, o compilado deu o que falar. Muito usuários elogiariam a iniciativa e enfatizaram a necessidade de mais diversidade na moda. Por outro lado, alguns internautas criticaram os shapes simples das peças da C&A e a falta de opções mais diversas, com cores vibrantes e estampas, por exemplo.

Comentário em rede social sobre coleção genderless da C&A
Print de rede social

 

Comentário em rede social sobre coleção genderless da C&A
Print de rede social

 

Comentário em rede social sobre coleção genderless da C&A
Print de rede social

 

Comentários em rede social sobre coleção genderless da C&A
Prints de rede social

 

Comentário em rede social sobre coleção genderless da C&A
Print de rede social

 

Comentário em rede social sobre coleção genderless da C&A
Print de rede social

 

A coleção-cápsula sem gênero da C&A já está disponível no aplicativo e também no e-commerce da marca. Fundada em 1841 pelos irmãos Clemens e August, na Holanda, a label chegou ao Brasil em 1976.

 

Colaborou Rebeca Ligabue

Últimas notícias