Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi e Victoria Abel

União Brasil lança Bivar, mas define outra prioridade para eleições

Apesar da candidatura ao Planalto, foco do partido será eleger uma bancada de deputados e senadores e conquistar governos estaduais

atualizado 01/06/2022 12:33

Luciano Bivar durante Evento de lançamento da pré-candidatura à Presidência da República Matheus Veloso/Metrópoles

Embora o União Brasil tenha lançado  Luciano Bivar como pré-candidato ao Palácio do Planalto nessa terça-feira (31/5), a candidatura do parlamentar não será a prioridade do partido nas eleições deste ano.

Caciques da legenda garantem que o foco principal para o pleito deste ano será eleger uma bancada robusta para o Congresso Nacional, sobretudo para a Câmara, e a eleição de governadores.

Com esse objetivo, a promessa da cúpula do União Brasil é de não impedir acordos nos estados entre filiados da sigla com outros partidos que tenham seus próprios candidatos à Presidência da República.

É o caso, por exemplo, da Paraíba. No estado, o União Brasil apoiará o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) ao governo e lançará o deputado Efraim Filho como candidato ao Senado.

A aliança acontecerá mesmo se os tucanos lançarem candidato próprio ao Planalto ou derem palanque para a senadora Simone Tebet (MDB), candidata da terceira via à Presidência.

Com 1% nas pesquisas, a candidatura de Bivar terá a missão de livrar alguns de seus filiados da polarização entre o ex-presidente Lula e o presidente Jair Bolsonaro, líderes nas pesquisas de intenção de voto.

Será o caso, por exemplo, de ACM Neto. Pré-candidato ao governo da Bahia este ano, o ex-prefeito de Salvador avalia que um eventual apoio a Lula ou a Bolsonaro pode prejudicá-lo eleitoralmente.

Mais lidas
Últimas notícias