Pacheco quer esperar prévias do PSDB para definir futuro eleitoral

Presidente do Senado negocia possível filiação ao PSD para concorrer ao Palácio do Planalto em 2022

atualizado 23/07/2021 14:16

Coletiva de imprensa com presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco 7Igo Estrela/Metrópoles

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), só pretende fazer qualquer movimento político visando às eleições de 2022 após o PSDB escolher o candidato ao Palácio do Planalto nas prévias marcadas para 21 de novembro deste ano.

Segundo aliados, embora já tenha iniciado as conversas nos bastidores, Pacheco quer aguardar a definição dos tucanos para efetivar a troca do DEM pelo PSD e anunciar publicamente que pretende ser candidato à Presidência da República pela nova sigla em 2022.

Na avaliação de políticos próximos ao presidente do Senado, a definição do candidato do PSDB vai ser importante para medir as reais chances de outros postulantes que querem se apresentar como uma terceira via na disputa pelo Planalto do próximo ano.

Últimas notícias