Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Oposição gosta da ideia de Bolsonaro de criar CPI da Petrobras

Parlamentares de oposição já falam em capitanear iniciativa de investigar política de preços da estatal, ideia lançada por Jair Bolsonaro

atualizado 17/06/2022 16:17

A ideia do presidente Jair Bolsonaro de instaurar CPI da Petrobras agradou a oposição no Congresso Nacional. Parlamentares de partidos como PT e Rede dizem até que capitanearão a iniciativa.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente na CPI da Covid-19 no Senado, foi às redes sociais dizer que já tem até mesmo um roteiro para as investigações.

“De CPI, eu entendo. Sou o primeiro a propor”, afirmou o parlamentar, dizendo que os trabalhos devem apontar que a responsabilidade pela alta dos preços é do próprio Bolsonaro.

O líder da Minoria no Senado, senador Jean Paul Prates (PT-RN), afirmou que irá iniciar o processo para instalar uma Comissão Parlamentar de Inquérito.

“Por melhores preços dos combustíveis e atendendo a pedidos do próprio presidente da Câmara, nós do PT vamos iniciar o processo para que seja instalada no Congresso Nacional uma CPI da Petrobras. Não podemos deixar que o povo sofra ainda mais com tanto aumentos, enquanto os diretores da Petrobras e acionistas ganham lucros exorbitantes”, afirmou Prates.

A ideia de uma CPI foi aventada primeiramente pelo presidente da Câmara, Arthur Lira, em mensagem aos líderes partidários da Câmara. Na manhã desta sexta-feira (17/6), Bolsonaro disse estar articulando com o deputado alagoano a abertura das investigações.

“Conversei há poucos minutos com o Arthur Lira, ele está neste momento reunido com líderes partidários. A ideia nossa é propor uma CPI para investigar o presidente da Petrobras, os seus diretores e também o conselho administrativo e fiscal. Nós queremos saber se tem algo errado nessa conduta deles, porque é inconcebível se conceder um reajuste com o valor dos combustíveis lá em cima e com os lucros exorbitantes que a Petrobras está tendo”, disse em entrevista à rádio Meio Dia Rio Grande do Norte.

Mais lidas
Últimas notícias