metropoles.com

Oposição denuncia “gabinete do ódio” de Lula pró PL das Fake News

Funcionários da Secom de Lula teriam feito peças associando big techs e deputados contrários ao PL das Fake News aos ataques em escolas

atualizado

Compartilhar notícia

Bruno Spada/Câmara dos Deputados
Oposição ao PL das Fake News
1 de 1 Oposição ao PL das Fake News - Foto: Bruno Spada/Câmara dos Deputados

Lideranças da oposição na Câmara denunciam que funcionários do Palácio do Planalto do governo Lula estariam por trás de uma série de arquivos com ataques contra big techs e parlamentares contrários ao PL das Fake News.

No material da denúncia, ao qual a coluna teve acesso, estão imagens que tentam associar as empresas donas de grandes redes sociais e deputados da oposição aos recentes ataques terroristas em escolas pelo Brasil.

No acervo, há, por exemplo, imagens nas quais o logo do Twitter aparece ensanguentado com os dizeres: “Quantos caracteres valem a vida de uma criança”. Há também associação da rede Tik Tok com suicídios.

O material tem ainda peças atacando parlamentares. Uma delas traz o rosto do deputado Nikolas Ferreira (PL-MG) e um texto dizendo que ele é contra o projeto que pode “impedir criminosos de usarem redes para planejar ataques”.

Imagem contra Nikolas Ferreira
Peça associando ataques em escolas ao deputado Nikolas Ferreira

A coluna detectou que a pasta compartilhada pelo Google Drive está associada a um suposto e-mail de Fabricio Vargas, coordenador de projetos da Secretaria de Comunicação Social da Presidência desde fevereiro de 2023.

Ainda há arquivos modificados por usuários que também seriam funcionários da Secom de Lula. Dentre eles, Octavio Penna Pieranti, Luiza de Lena e Érika Martins, todos atualmente trabalhando no governo federal.

Na Câmara, deputados de oposição ao governo Lula apelidaram a iniciativa de “gabinete do ódio” de Lula. Para eles, a Secom utiliza as mesmas táticas que tentaria coibir com o PL das Fake News.

A Secretaria de Comunicação foi procurada pela coluna para falar sobre as imagens, mas não respondeu até a publicação da matéria. O espaço segue aberto.

Drive com ataques a deputados
Pasta com imagens contra deputados seria feita por funcionário da Secom de Lula

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?

Notificações