Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Governo Bolsonaro quer engavetar PL que cria teto de lucro no Uber

Planalto enviou interlocutores para conversar com Arthur Lira sobre urgência assinada por líderes para PL que limita lucros de aplicativos

atualizado 14/06/2022 22:38

Presidente Jair Bolsonaro discursa durante cerimônia “Brasil pela Vida e pela Família 1Igo Estrela/Metrópoles

O governo de Jair Bolsonaro está trabalhando nos bastidores para evitar que um projeto que estabelece teto para remuneração de aplicativos de transporte de passageiros, como Uber e App 99.

Fontes da Câmara afirmaram à coluna que intermediários do presidente da República entraram em contato com o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), para que o texto seja engavetado de antemão.

O motivo da preocupação foi um requerimento de urgência, assinado até mesmo pelo líder do partido de Bolsonaro na Câmara, Altineu Côrtes (PL-RJ). Outras lideranças de centro também assinaram, como Vinícius Carvalho (Republicanos-SP) e Elmar Nascimento (União-BA).

Na visão do governo, a ida do projeto ao plenário seria uma “sinuca de bico”. Caso fosse a favor, Bolsonaro poderia ser responsável por inviabilizar os aplicativos de transporte no Brasil. Se fosse contrário, ficaria com imagem de agir contra os motoristas de aplicativo. E isso em pleno ano eleitoral.

O projeto foi apresentado pelo deputado Delegado Pablo (União-AM). Nele, o parlamentar propõe que os aplicativos terão um teto de 10% de lucro sobre o valor cobrado por corrida.

Mais lidas
Últimas notícias