Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Fux e Barroso entram em campo para ajudar André Mendonça

Os ministros procuraram parlamentares para tentar destravar, no Senado, a sabatina do indicado pelo presidente Jair Bolsonaro ao STF

atualizado 20/09/2021 10:27

Cerimônia posse do ministro Luiz Fux na presidência do Supremo Tribunal Federal STFIgo Estrela/Metrópoles

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, e o ministro Luís Roberto Barroso entraram em campo para tentar ajudar a destravar, no Senado, a indicação de André Mendonça à Corte.

Segundo apurou a coluna, Fux já procurou tanto o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), quanto o senador Davi Alcolumbre (DEM-AP), para pedir que pautem a análise da indicação de Mendonça.

Barroso, por sua vez, só teria conversado com Alcolumbre. Presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa, o senador do Amapá tem a prerrogativa de marcar a sabatina.

Nas conversas, Fux e Barroso pediram que a indicação feita pelo presidente Jair Bolsonaro seja analisada logo, porque o Supremo está com um ministro a menos há mais de dois meses, o que prejudica julgamentos.

Alcolumbre, porém, segue resistindo a marcar a sabatina, primeira etapa da análise da indicação no Senado. Segundo aliados, ele só marcará a data quando tiver “certeza” de que o nome de Mendonça será rejeitado.

Últimas notícias