Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

Bolsonaro repete frase de vídeo fake atribuído a Putin em fala oficial

Em declaração oficial após reunião com Vladimir Putin, Jair Bolsonaro repetiu frase pronunciada em vídeo falso atribuído ao presidente russo

atualizado 16/02/2022 18:40

Alan Santos/Presidência da República

Enviado especial a Moscou — O presidente Jair Bolsonaro repetiu, nesta quarta-feira (16/2), durante declaração oficial em Moscou, uma frase pronunciada em vídeo criado por bolsonaristas, com falso discurso atribuído ao presidente da Rússia, Vladimir Putin.

“Repito: o mundo é a nossa casa, e Deus está acima de todos nós”, afirmou o atual chefe do Palácio do Planalto na declaração oficial feita ao lado de Putin após o encontro entre os dois no Kremlin, sede do governo russo. Esse trecho do discurso do presidente brasileiro foi improvisado.

A frase citada por Bolsonaro é exatamente a mesma usada por apoiadores do presidente em um vídeo que mostra uma tradução falsa de um discurso de Putin. Na peça, supostamente humorística, o presidente russo aparece agradecendo a Bolsonaro por ter impedido um conflito entre Rússia e Ucrânia.

 

“Hoje estava prestes a atacar a Ucrânia, quando conversei com o presidente Jair ainda em voo. Ele, que veio de um lugar tão longe, disse: ‘Ô Vladi, o mundo é nossa casa. Deus está acima de todos’. Isso tocou na minha alma. Portanto, agora decidi retirar minhas tropas da fronteira. E parar essa guerra. Agradeço de coração, presidente brasileiro”, diz a tradução falsa atribuída a Putin no vídeo.

Segundo auxiliares presidenciais, a ideia de repetir a frase foi do próprio chefe do Planalto. O pronunciamento ocorreu um dia após bolsonaristas começarem a espalhar memes em que dizem ter sido Bolsonaro o responsável por convencer Putin a retirar parte das tropas russas da região da fronteira com a Ucrânia.

Após o discurso no Kremlin, o presidente voltou a usar a mesma frase em entrevista à imprensa, após encontro com empresários à noite, no horário russo. “A posição do Brasil é exatamente essa: o mundo é nossa casa, e Deus está acima de tudo”, repetiu novamente o chefe do Planalto.

A declaração oficial de Bolsonaro no Kremlin durou exatos cinco minutos. Além de defender a “paz para o mundo”, o presidente brasileiro agradeceu a Putin por ter apoiado a soberania brasileira sobre a Amazônia, mesmo quando outros países pregaram que a floresta era patrimônio da humanidade.

Mais lidas
Últimas notícias