Notícias, furos e bastidores de política e economia. Com Gustavo Zucchi

As críticas de Joaquim Barbosa às companhias de Sergio Moro para 2022

Sergio Moro procurou o ex-ministro Joaquim Barbosa para tentar uma conversa sobre as eleições de 2022

atualizado 03/12/2021 10:54

Joaquim BarbosaNelson JR/STF

Procurado por Sergio Moro para conversar sobre 2022, o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa tem feito críticas à estratégia do ex-juiz da Lava Jato para as eleições do próximo ano.

A aliados o ex-relator do mensalão do PT no STF critica especialmente as “companhias” de que Moro está se cercando para o pleito, principalmente os militares e antigos procuradores da Lava Jato.

Barbosa avalia que, com essas companhias, o ex-juiz vai “manter a sombra autoritária” e não conseguirá resolver os problemas emergenciais do Brasil, como a desigualdade e a crise entre as instituições democráticas.

Como a coluna antecipou na terça-feira (30/11), Moro procurou Joaquim Barbosa nas últimas semanas e pediu uma conversa presencial. O ex-juiz quer trocar impressões com o ex-ministro do STF sobre as eleições de 2022.

Mais lidas
Últimas notícias