metropoles.com

Após herpes de Damares, petista sugere governo reforçar vacinação

Deputada Maria do Rosário pediu ao Ministério da Saúde para reforçar vacinação contra herpes-zóster para pessoas da faixa etária de Damares

atualizado

Compartilhar notícia

Jefferson Rudy/Agência Senado
Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, depõe em audiência no Senado. Ela usa máscara, sentada à mesa, e olha para frente - Metrópoles
1 de 1 Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, depõe em audiência no Senado. Ela usa máscara, sentada à mesa, e olha para frente - Metrópoles - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Após a senadora Damares Alves (Republicanos-DF) anunciar ter contraído herpes-zóster, a 2ª secretária da Câmara, deputada Maria do Rosário (PT-RS), pediu ao Ministério da Saúde para reforçar a vacinação contra a doença.

Na sexta-feira (10/3), a petista enviou uma indicação pedindo que a pasta tome providências para garantir a vacinação pública contra herpes-zóster a pessoas acima dos 50 anos. Justamente a faixa etária de Damares.

“Como o tempo de incubação (do vírus da herpes-zóster) é dilatado, mais de 60% dos casos ocorrem após os 50 anos, por isso a indicação da vacina é para pessoas a partir desta faixa etária”, justifica Maria do Rosário no pedido.

Na semana passada, Damares revelou ter sofrido uma paralisia facial causada pelo vírus da herpes-zóster. Por esse motivo, ela passou a circular de máscara no Senado.

 

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comIgor Gadelha

Você quer ficar por dentro da coluna Igor Gadelha e receber notificações em tempo real?